Anuncie

Anuncie

Coorpin de Barreiras recupera R$ 100 mil em itens oriundos de fraude


Uma investigação da Delegacia Territorial (DT) de Luís Eduardo Magalhães culminou, na segunda-feira (27), com a apreensão de uma carga de R$ 100 mil de arame galvanizado comprado por meio de fraudes em cartões de crédito. Um homem que recolhia o material no local de armazenamento, naquele município, foi preso em flagrante.

De acordo com a apuração da DT, o golpe é realizado por meio de uma compra online em que o estelionatário, de posse de dados de cartões roubados, faz várias compras com cada um dos documentos. "A prática é comum e só é percebida quando a operadora do cartão informa para a loja que a compra não foi realizada pelo titular do cartão, causando prejuízo enorme para o comerciante, pois já efetuou a venda e entregou dos produtos a um terceiro, o qual é responsável pelo recolhimento do material comprado de forma fraudulenta nas lojas", explicou o delegado Rivaldo Luz, coordenador da 11ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Barreiras).

Os itens comprados de maneira fraudulenta ultrapassam, em preço de mercado, R$ 105 mil. O arame galvanizado se difere do tradicional por sofrer a aplicação de uma camada de zinco, a fim de aumentar sua resistência, melhorar o acabamento e evitar a corrosão. Mais caros, são utilizados tanto em telas, cercas rurais e também para artesanato.

Ascom-PC/Felipe Paranhos

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.