Anuncie

Anuncie

Sítio do Rio Grande, em São Desidério, oferece paredão de pedras de 40 metros, rapel e tirolesa

Distrito de Sítio do Rio Grande, a 17 quilômetros de São Desidério, oferece comida rio com águas cristalinas e comidas típicas como galinha caipira, pirão e arroz branco. Veja como chegar e valores.

Sabores do Nordeste: conheça o paredão de Rio Grande, em São Desidério, BA

O pequeno povoado de Rio Grande, que fica a 17 quilômetros de São Desidério, no oeste da Bahia, oferece muitas opções de lazer, relação íntima com a natureza e paredões de pedras com mais de 40 metros de altura.

Os interessados em conhecer o local pode ter a cidade de Barreiras, a maior da região oeste, como ponto de partida. De carro, o caminho pode ser feito pela BR-135, em direção ao município vizinho, São Desidério, 45 quilômetros distante.

O Sitio do Rio Grande mantém costumes de gente simples que gosta de viver com tranquilidade, sem agitação. A moradora Simone Rosa tem água encanada em casa, mas gosta de lavar a roupa na beira do Rio Grande, faz isso desde menina.

O Rio Grande é um dos principais afluentes do São Francisco. No local, água limpa, que nos dias de sol forte dá para ver o fundo do rio.

O inverno é uma boa época para conhecer a região, já que não chove, ao contrário do verão quando as chuvas são frequentes. A temperatura nas duas estações muda pouco. No verão entre 20° e 31° e no inverno 17° a 30°.

Sítio do Rio Grande, no oeste da Bahia, oferece paredão de pedras de 40 metros, rapel e tirolesa — Foto: Reprodução/TV Bahia

O pequeno povoado pode ser observado de caiaque. O Rio Grande é todo navegável e quem não tem prática de remar tem a opção de ir na "carona" de um guia. O preço do passeio é de R$ 50 por hora. A tirolesa, outra forma de diversão, custa R$ 120 para o casal, por hora.

Além dos passeios, a região também oferece opções de lazer para os amantes do "friozinho na barriga". A dica é visitar o paredão de pedra, que do ponto mais alto até embaixo, onde passa o rio, são 40 metros de altura.

Sítio do Rio Grande, no oeste da Bahia, oferece paredão de pedras de 40 metros, rapel e tirolesa — Foto: Reprodução/TV Bahia

Para fazer o rapel, que custa R$ 60 por pessoa, os equipamentos de segurança são obrigatórios. A funcionária pública Greicy Carvalho mora na região, mas nunca tinha descido o paredão.

"Adrenalina gigante. Agora vão ter que me segurar, porque eu vou voltar muito mais vezes. Eu estou, realmente encantada com tudo", disse Greicy.

Para quem quer passar mais tempo na região, existem pousadas acolhedoras com custo médio de R$ 60 por casal a diária e uma gastronomia regional deliciosa que valoriza os pratos típicos do lugar.

O mais famoso é a galinha caipira acompanhada de pirão, arroz branco e salada, que serve de quatro a cinco pessoas e custa R$ 130. A refeição é servida na beira do rio.

Turismo

Conheça o paredão de Rio Grande, localizado no município de São Desidério na Bahia

O engenheiro César Schwaickardt trabalha em São Desidério quatro dias por semana. Os outros três ele fica no povoado onde comprou uma chácara que está sendo estruturada para servir como camping para turistas.

"Os escaladores que vierem escalar aqui em São Desidério acabavam ficando acampados aqui. Então uma coisa foi levando a outra e agora eu abri o camping para todo mundo", comenta César.

O Sitio do Rio Grande é um lugar que atrai turistas do Brasil e até de outras partes do mundo. O casal de turistas espanhóis, Daví e Cati Gimeno, saíram de Barcelona para conhecer o povoado e pelo menos por enquanto não tem planos de voltarem para a terra natal. Eles rodam o mundo atrás de paredões de pedra para fazer escaladas.

"É muita natureza linda, muitos lugares turísticos lindos para conhecer. A gente tem vista a lua, grutas, rios, em menos de uma semana", disse Daví.

Durante a pandemia é preciso agendar os passeios, porque há um limite máximo de pessoas para que não aconteçam aglomerações. Como os lugares são distantes e muitas vezes é preciso fazer uma trilha, o ideal é contratar um guia.

Fonte: G1 BA

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.