Anuncie

Anuncie

Projeto coleta cinco mil litros de óleo usado em Barreiras

“Se Ligue no Óleo”, da parceria da Embasa com o Instituto Caturama, conta com três pontos presenciais em Barreiras, e a coleta em domicílio por meio do Disk Coleta, evitando a contaminação dos recursos hídricos e a obstrução da rede de esgoto.


Com alto potencial de contaminação dos recursos hídricos, o óleo de cozinha usado escoado pelo ralo da pia pode entupir as instalações hidrossanitárias domiciliares e provocar obstruções na rede pública de esgotamento sanitário. Para estimular as pessoas a separar e destinar o óleo usado para a produção de sabão artesanal, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) vem promovendo, desde o início deste ano, o projeto “Se Ligue no Óleo” em Barreiras, em parceria com o Instituto Caturama de Sustentabilidade. O projeto, que já contabiliza 5.000 litros de óleo coletados em Barreiras, conta atualmente com três pontos presenciais (lista abaixo), e a coleta em domicílio por meio do Disk Coleta: (77) 9.8814.8273.

O presidente do Instituto Caturama de Sustentabilidade, Franco Porto, explica que, apesar da pandemia, o projeto tem implantada uma rede que coleta entre 600 a 1.000 litros de óleo usado por mês. “Já chegamos a coletar até 1.800 litros no mês, o que veio reduzindo ao longo da pandemia. Todo o óleo é destinado para a produção de sabão e a renda é revertida para manter a rede de coleta e o processo de reciclagem desse resíduo. Nosso objetivo é sensibilizar as pessoas para que separem e destinem corretamente o óleo evitando a poluição dos recursos hídricos, seja para uma produção própria de sabão ou participando como voluntários do nosso projeto”, reforça.

Para o gerente operacional de esgoto da Embasa, Vagner Pereira, a parceria da Embasa com o Instituto Caturama é fundamental para incentivar a destinação correta do óleo de cozinha, que é prejudicial à operação do sistema de esgotamento sanitário e ao meio ambiente. “No ano passado, tivemos mais de 3.300 serviços de desobstrução. No período seco, o óleo é responsável por cerca de 60% dos entupimentos na rede. Além dos transtornos causados pelo extravasamento de esgoto, quem mais se prejudica é o meio ambiente. Estima-se que em 1 litro de óleo causa a contaminação de 1 milhão de litros de água, provocando a morte de seres vivos aquáticos ao impedir a passagem da luz e a circulação de oxigênio na água”, reforça.



Serviço – Aqueles que separam e querem destinar o óleo de cozinha de forma correta podem entrar em contato com o Instituto Caturama pelo telefone do Disk Coleta (77) 9.8814.8273, ou se dirigir aos seguintes pontos em Barreiras:

· Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) - Av. ACM, 898, Sandra Regina.

· IFBA - Rua Gileno de Sá Oliveira, 271, Recanto dos Pássaros.

· Colégio Gauss - Rua Severino Vieira, 68, Centro.

Fonte: ASCOM da Embasa - Unidade Regional de Barreiras (UNB)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.