Anuncie

Anuncie

Em São Desidério, Polícia Civil prende suspeita de atear fogo em companheiro


A 11ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Barreiras, cumpriu, na última quarta-feira (10), mandado de prisão preventiva contra uma mulher suspeita de ter ateado fogo em seu companheiro em 3 de outubro do ano passado. José Gabriel de Oliveira morreu em decorrência das queimaduras sofridas.

De acordo com as investigações, a mulher discutiu com o companheiro e, em seguida, jogou álcool e ateou fogo nele. O homem chegou a ser socorrido ao Hospital do Oeste, em Barreiras, mas não resistiu. Na diligência da última quarta-feira, os policiais a encontraram no povoado de Derocal, na zona rural de São Desidério.

A suspeita responde por homicídio qualificado por motivo torpe, emprego de fogo e impossibilidade de defesa da vítima.

Fonte: Ascom da Polícia Civil

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.