Anuncie

Anuncie

Brasil: Covid-19


A primeira morte por Covid-19 no Brasil completou um mês ontem. Agora são 1.924 mortes e 30.425 casos confirmados segundo o balanço mais recente do Ministério da Saúde. O que preocupa a leitura da tendência para o Brasil é que não há ainda testagem de todos os casos suspeitos, o que implica em tamanho subestimado da epidemia.

A capital paulista atingiu 100% de ocupação de leitos de UTI em quatro hospitais municipais: Tide Setúbal, Cidade Tiradentes, Ermelino Matarazzo e Dr. Ignácio Proença de Gouvêa. A situação das UTIs dos hospitais estaduais também têm se agravado; ao menos seis deles registram mais de 80% de ocupação. A situação mais complicada é na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, hospital referência para tratamento de doenças infeciosas.

Com 100% dos leitos ocupados com pacientes de Covid-19, a UTI do Emilio Ribas foi a primeira a ficar lotada na rede pública da cidade. Vagas só surgem quando um paciente tem alta —ou quando alguém morre. Segundo levantamento, 50% das 82 pessoas internadas lá com Covid-19 têm menos de 60 anos. Muitos nem tinham as chamadas comorbidades, condições que agravam o quadro, como diabetes e insuficiência renal. No hospital, fundado em 1880 como o Lazareto dos Variolosos, onde ficavam em quarentena doentes com varíola, médicos correm contra o tempo para adiar o momento em que terão de escolher entre quem receberá apoio para continuar vivo e quem não.

Já nos particulares...o hospital Sírio Libanês bem como o hospital Einstein estão assistindo a uma diminuição dos casos graves de coronavírus, apurou Sonia Racy.

Em Manaus, um vídeo gravado no hospital estadual João Lúcio mostra corredores e salas com corpos à espera de remoção ao lado de pacientes e macas no chão. A capital é a única cidade com UTI no Amazonas, o estado com a mais alta taxa de incidência do novo coronavírus do país.

O Rio de Janeiro registrou 301 óbitos e 3.944 casos confirmados de Covid-19 segundo o boletim da secretaria de estadual de Saúde divulgado ontem. A capital, pelo terceiro dia consecutivo, teve o recorde de mortes em 24 horas: 27.

Fonte: Meio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.