Anuncie

Anuncie

Governo Municipal adota medidas econômicas para reduzir os efeitos relacionados à pandemia do Coronavírus em São Desidério


Na última sexta-feira, 27 de março, o prefeito de São Desidério, Zé Carlos anunciou três medidas socioeconômicas adotadas para reduzir os efeitos relacionados à pandemia do Coronavírus (COVID-19) no município.

A primeira medida estabelece o aumento da concessão de Cestas Básicas emergenciais para as famílias afetadas economicamente pela pandemia do Covid-19, a exemplo de trabalhadores autônomos com dificuldades para exercer suas funções.

A segunda medida refere à compra de produtos de agricultores familiares e feirantes com produção própria e que já estão cadastrados no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A Prefeitura dará continuidade à aquisição para que a distribuição desses produtos ocorra semanalmente para as famílias carentes da sede inscritas no Programa Prato Cheio.

E a terceira medida trata-se da transferência de uma renda no valor de R$400,00, destinada aos trabalhadores e profissionais autônomos prejudicados economicamente pela pandemia, devido às dificuldades para exercer suas funções e que não possuam outra fonte de renda no núcleo familiar.

“Para participar, os agricultores familiares precisam estar cadastrados no Programa de Aquisição de Alimentos e ter produção própria para os itens da cesta”, explicou a secretária da Agricultura, Patrícia Rocha. “A partir das medidas adotadas, serão ofertadas cestas emergenciais para as famílias carentes. As famílias que precisarem e estiverem dentro dos critérios irão receber as cestas”, complementou a secretária de Assistência Social, Vandreia Mendes.

Fonte: Ascom SD

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.