Anuncie

Anuncie

Bolsonaro deixa hoje o PSL


O presidente Jair Bolsonaro deve anunciar hoje que deixa o PSL, legenda pela qual se elegeu, conta Igor Gadelha. Será em uma reunião marcada para às 16h, no Planalto, com parte da bancada de deputados da sigla. Bolsonaro informará que vai para um partido novo, criado do zero, e quem desejar acompanhá-lo será bem-vindo. Os planos do presidente são de recolher as muitas assinaturas necessárias fazendo uso de um app criado para smartphones. (Crusoé)

Ainda não tem nome, este novo partido da direita bolsonarista. Mas será um bocado digital. Não só nascerá a partir de um app como, de acordo com Bela Megale, como terá site lançado esta semana, fará cobrança de mensalidade e promoverá uma vaquinha online — crowdfunding. (Globo)

Pois é... Só que não pode, diz Guilherme Amado. O TSE não aceita coleta de assinaturas por meio digital. São necessárias 500 mil, que devem ser validadas uma a uma, sempre com número do título eleitoral. Ainda assim, o presidente tem por meta juntar cem deputados de diversas siglas — PSL, Novo, DEM, PP, PTB, PL e PSDB.(Época)

Não virá sem resposta. O PSL deve expulsar os parlamentares que apoiarem a nova legenda e requisitar, na Justiça, seus mandatos. Vai também montar uma força-tarefa para impugnar assinaturas apresentadas aos cartórios eleitorais. De acordo com o Painel, os primeiros a aderir ao novo grupo serão prefeitos, governadores e senadores. Deputados e vereadores os seguem quando o registro pelo TSE já estiver finalizado. Os advogados do presidente tentarão, na Justiça, conseguir parte do fundo eleitoral que cabe ao PSL. (Folha)

Fonte: Meio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.