Anuncie

Anuncie

Suprema Corte britânica: Johnson fechou ilegalmente Parlamento


Conforme esta edição do Meio fechava, Lady Brenda Hale, presidente da Suprema Corte do Reino Unido, determinou que o primeiro-ministro Boris Johnson fechou ilegalmente o Parlamento para impedir que conversas sobre o Brexit ocorressem. “O efeito nos fundamentos de nossa democracia foi extremo”, ela afirmou. A decisão da Corte foi unânime, contando com os votos dos 12 ministros. O Speaker of the House, John Bercow, já informou que a Câmara dos Comuns deve voltar a se reunir o mais rápido possível. A função de Speaker corresponde à de um organizador das conversas em plenário. O total impacto desta decisão, uma bomba política de grande magnitude, ainda não é completamente claro e acompanharemos ao longo do dia. (Guardian)

Leia: A decisão completa em PDF.

Fonte: Meio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.