Anuncie

Anuncie

Dodge sai atirando em pautas caras ao governo de Jair Bolsonaro


A procuradora-geral da República Raquel Dodge tirou seu último dia no cargo para sair atirando em pautas caras ao governo de Jair Bolsonaro. Ela enviou ao Supremo pareceres que consideram inconstitucionais os decretos que flexibilizam porte e posse de armas. Ela considera que os temas só podem ser tratados pelo Congresso na forma de projetos de lei. Dodge também abriu ação contra vigilância e censura de professores em sala de aula, fazendo uma dura crítica ao movimento Escola Sem Partido. Ela pede uma decisão liminar da Corte para barrar leis, decretos e portarias que tentem controlar professores por considerar que afrontam a Constituição. E, ao STJ, A procuradora-geral denunciou cinco suspeitos de fraudar as investigações sobre o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco. Entre eles está Domingos Brazão, conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Rio. Dodge também pediu abertura de inquérito para averiguar se Brazão é o mandante do crime — em essência, federalizando as investigações. (Folha)

Fonte: Meio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.