Anuncie

Anuncie

Rodrigo Maia se queixa de falta de agenda de governo


O Brasil não tem uma agenda, um programa claro de como resolver o problema da qualidade da educação, pôr médicos nos hospitais, melhorar a produtividade dos setores público e privado para, enfim, gerar crescimento econômico e diminuir desemprego. O diagnóstico é do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que foi entrevistado pelos repórteres Bruno Góes e Eduardo Bresciani. “A Previdência não é uma agenda”, afirmou Maia, “é uma reforma racional e necessária para equilibrar as contas públicas.” O deputado nega que tenha sido firmado um pacto entre os três Poderes. “A assinatura de um pacto de princípios pode ser importante”, disse. “Acho que o Onyx Lorenzoni avançou na informação sem uma construção política amarrada. Ele entregou um documento, ninguém leu, e ficou parecendo para a sociedade e a imprensa que a gente fechou aquele pacto. Zero verdade nisso.” (Globo)

Aliás... O Nexo reuniu os principais especialistas envolvidos no debate da reforma da Previdência para perguntar: esta reforma, proposta pelo governo Bolsonaro, é justa?

Por: Meio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.