Anuncie

Anuncie

Bolsonaro põe pressão sobre Maia, Alcolumbre e Toffoli


Tomam café da manhã hoje, no Palácio da Alvorada, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, do Senado, Davi Alcolumbre, e do Supremo, Dias Toffoli. Os três atenderam ao convite de Jair Bolsonaro, que deseja aproveitar aquilo que considera um bom momento após as manifestações em seu favor para estabelecer um Pacto entre os três poderes. O texto que o Planalto já tem pronto inclui apoio conjunto às reformas da Previdência e tributária, revisão do pacto federativo, desburocratização e melhorias na política de segurança pública. (Folha)

Só que... Os três presidentes chegarão ao Palácio cientes de que Bolsonaro não saiu fortalecido das manifestações. “As manifestações mostram que Bolsonaro tem apoiadores, mas não é um mito de popularidade com capacidade de constranger o Congresso”, avaliou o cientista político Carlos Melo. “Como não houve mobilização massiva, não foi criado capital político novo para o presidente”, afirma Antônio Lavareda. (BBC)

Correndo por fora, a Câmara pretende aprovar uma emenda à Constituição que permita ao governo, quando chega a uma situação de estourar as contas, que reduza a jornada de trabalho do funcionalismo e, até, possa demitir. (Globo)

Por: Meio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.