BFS19

Anuncie

Anuncie

Maia quer aprovar Previdência até junho


Com Bolsonaro em Israel, a segunda foi marcada por avanços políticos na Câmara dos Deputados. O deputado Delegado Marcelo Freitas, relator da reforma da Previdência na CCJ, afirmou que apresentará seu parecer até terça-feira que vem. E, falando a um grupo de investidores na Goldman Sachs, o presidente da Casa, Rodrigo Maia, demonstrou otimismo com a meta de aprova-la ainda no primeiro semestre. Segundo o Painel, o plano de Maia é mergulhar depois num projeto de simplificação tributária. (Folha)

Pois é... O ministro Paulo Guedes abraçou o trabalho de articulação. Abriu as portas do gabinete para receber deputados em grupos pequenos, de forma que possa dar atenção a todos. (Ao Poder360 ele diz que não é articulação. É “esclarecimento econômico”.)

Mas articulação é. “Temos um governo inteiro para fazer articulação”, afirmou a Andréia Sadi a líder do Governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann. “Temos do presidente da República a todos os ministros, todos generais e um núcleo de articulação que começou a funcionar agora.”

Sim, até o presidente. Em entrevista ao Jornal da Record, Bolsonaro afirmou que conversará com os deputados. “Acham que estou fazendo pouco, então vamos deixar pelo menos meio dia da minha agenda para atende-los.”

Trabalho não vai faltar. Pesquisa da Arko Advice, que ouviu 109 deputados federais de 25 partidos, entre 26 e 28 de março. Destes, 60,55% consideram a relação de Legislativo e Executivo ruim ou péssima. Em fevereiro era 17,4%.

Por: Meio

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.