Anuncie

Anuncie

Guedes aposta em reforma da Previdência mais dura


A Reforma da Previdência vai ser mais dura que o sugerido pelo presidente Jair Bolsonaro. O ministro da Economia, Paulo Guedes,anunciou que a proposta que segue para o Congresso em fevereiro vai aproveitar a idade mínima já em discussão e prever um regime de capitalização, no qual cada trabalhador faz a própria aposentadoria. A transição mais curta viria por lei ordinária. Durante a campanha, Guedes falara em fatiar a reforma, deixando a capitalização para um segundo momento. Mudou de ideia. (Globo)

Segundo estimativas de especialistas, ao reduzir a transição dos 21 anos previstos na proposta de Michel Temer para 12 anos, o governo conseguiria uma economia extra de R$ 275 bilhões. (Globo)

Por: Meio

Tecnologia do Blogger.