14 novembro 2018

Centro tenta construir bloco de poder no Congresso



O centro político continua desnorteado e ainda sem capacidade de se organizar numa única legenda. Por conta, começa a se desenhar, no Congresso Nacional, uma federação que pode reunir legendas tão díspares quando PSDB, PSB, PV, PSD e até pessoas de MDB e DEM. Cada legenda, explica Mônica Bergamo, mantém sua estrutura e o dinheiro do fundo partidário. Porém são, de acordo com a proposta, oficialmente vinculadas na Câmara e no Senado e precisarão, nas eleições municipais de 2020, lançar juntos seus candidatos a prefeito. A ideia de uma federação ainda precisaria ser aprovada por lei, o que pode se acelerar caso as conversas vinguem. (Folha)

Resta saber como fica a negociação que envolvia PSB e PV com PDT e Rede na construção de um novo partido de centro-esquerda.

Pois é... E a percepção de que há insegurança na formação do governo Bolsonaro, com idas e vindas do futuro presidente e seus principais assessores, está reforçando a candidatura de Renan Calheiros à presidência do Senado. A percepção de que o governo poderá ser instável faz com que a experiência de Renan se torne um trunfo, ‘anteparo de crises’, informa o Painel. (Folha)

Por: Meio