19 outubro 2018

Aves silvestres são resgatadas pela PRF nos municípios baianos de Barreiras e Nova Soure


Dois homens flagrados com os animais responderão por crimes ambientais.


No combate a crimes contra o meio ambiente, policiais rodoviários federais resgataram 15 pássaros silvestres nas Brs 110 e 242 durante fiscalização em trechos dos municípios baianos de Nova Soure e Barreiras.

O primeiro flagrante ocorreu ontem (18), por volta das 11h30 em Nova Soure, região nordeste do estado, quando os agentes encontraram 11 aves presas em gaiolas que estavam em frente a uma casa às margens da BR 110. Os pássaros resgatados são das espécies popularmente conhecidas por cardeal, tico-tico, coleiro e papa-capim. O proprietário da residência não apresentou nenhuma documentação emitida por órgãos ambientais para a criação dos animais.

Os pássaros foram encaminhados para a Secretaria de Meio Ambiente de Ribeira do Pombal (BA).

Hoje (19), durante uma fiscalização em um ônibus na BR 242 em Barreiras, região oeste da Bahia, os policiais encontraram mais quatro aves silvestres presas em uma gaiola. O passageiro, um homem de 46 anos, flagrado com os pássaros, da espécie canário-da-terra, também não possuía autorização para criação ou transporte de animais silvestres. Questionado, ele informou que capturou as aves em Ceilândia Norte no Distrito Federal e pretendia levar até o município de Luiz Gomes no Rio Grande do Norte.

Os pássaros foram encaminhados para o Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) em Barreiras (BA).

Os envolvidos responderão na Justiça por crimes ambientais de acordo com a Lei 9.605/98.


Fonte: PRF BA