08 agosto 2018

Acabou a ambiguidade: Manuela será a vice



Se era para ficar ambíguo, Manuela D’Ávila largou a ambiguidade em coletiva, ontem, na sede do PCdoB. “Me dei conta hoje de manhã que das tarefas honrosas que me caberão, uma delas é que vou morar no Palácio do Jaburu”, afirmou sorrindo. “Quem vai tirar Temer do Jaburu sou eu.” Oficialmente candidato a vice de Lula, Fernando Haddad estava a seu lado. “Eu e Manuela vamos rodar o país com essa mensagem de que queremos resgatar a soberania nacional”, disse. A candidata afirmou que ela será a vice da chapa — não importa se com Lula ou com Haddad. E aproveitou-se da piada para incorporá-la. “Já viu o meme circulando na internet que somos o verdadeiro tríplex?”

Lula e Bolsonaro têm, praticamente empatados, a maior taxa de engajamento no Facebook — no período entre 7 de julho e 6 de agosto. O estudo é do DAPP da FGV. João Amoêdo, do Novo, vem em terceiro, com distância para Álvaro Dias, em quarto. Ciro e Alckmin são inexpressivos na rede. Nos últimos dias, Fernando Haddad mais que dobrou a média de interações por post.

Merval Pereira: “Quando eleito pela primeira vez, em 2002, Lula ampliou seu eleitorado incluindo na chapa o empresário José de Alencar. Sempre que disputou eleição com vices do mesmo grupo político, perdeu. Foi assim em 1989 com José Paulo Bisol do PSB; em 1994 com o petista Mercadante; em 1998 com o pedetista Leonel Brizola. A ver se na cadeia e com uma chapa de nicho esquerdista, Lula conseguirá transferir seu prestígio em votos para Haddad.” (Globo)

Por: Meio