30 julho 2018

Presidenciáveis serão conhecidos até domingo. Já os vices...



Esta será a última semana de convenções. Até o próximo domingo, todos os partidos deverão ou anunciar seus candidatos ou confirmar alianças. Há duas dúvidas grandes. Se o MDB vai mesmo confirmar Henrique Meirelles e se o PSB se aliará a Ciro Gomes. Dos seis candidatos que têm chances no pleito, de acordo com as pesquisas, nenhum anunciou o vice. Mas, para isto, é possível esperar até 15 de agosto, limite para o registro das candidaturas junto ao TSE.

Já foram lançados oficialmente por seus partidos seis candidatos à presidência: Jair Bolsonaro (PSL), Ciro Gomes (PDT), Guilherme Boulos (Psol), Paulo Rabello de Castro (PSC), Vera Lúcia (PSTU) e Eymael (DC).

O PT realizará no próximo sábado, dia 4, sua convenção que indicará Lula como candidato à presidência. Vai esperar então até a data limite, 15 de agosto, para entrar com o pedido de registro no TSE. Só com o pedido, já poderia fazer propaganda a partir do dia 16. Para gravações dentro da cadeia, porém, seria necessária autorização judicial. (Em 2012, um candidato a vereador teve autorização para gravar dentro de sua cela em Rondônia; mas ele não havia sido condenado em segunda instância.) No TSE, os prazos de idas e vindas e recursos podem se estender até a segunda semana de setembro, salvo a possibilidade de o STF intervir antes. Enquanto não houver decisão final, Lula poderá fazer propaganda como candidato, mesmo que não esteja autorizado a filmar. (Jota)

A praça ao redor dos Arcos da Lapa, no Rio de Janeiro, encheu na noite de sábado para domingo com um showmício pela liberdade de Lula. O ápice do Festival Lula Livre foi um dueto de Chico Buarque e Gilberto Gil, que cantaram Cálice, juntos. À tarde, fiscais do TRE confiscaram material de alguns candidatos, considerado de campanha antecipada.

O PT sabe que Lula não será candidato. Um dos postulantes, o ex-prefeito paulistano Fernando Haddad, o mostrou num lapso freudiano. “Se o Lula fosse candidato, realmente tenho dúvidas se Ciro, Boulos e Manuela teriam colocado suas candidaturas”, falou. “Todo mundo estaria reunido em torno de Lula.” (Folha)

Enquanto o PT não se define, Ciro tenta trazer a bordo também o PCdoB. Ontem, em entrevista, sugeriu Manuela D’Avila como vice. (Folha)

O Poder360 pôs no ar um agregador de pesquisas eleitorais. O algoritmo faz uma média ponderada de todas as pesquisas buscando mostrar as tendências mais fortes. O quadro não varia desde setembro do ano passado. É o segundo agregador do tipo, inspirado naquele produzido nos EUA por Nate Silver do site 538. O Jota já havia lançado o seu, em abril.

Por: Meio