São Desidério Fest 2018

06 julho 2018

Operação da PF derruba ministro do Trabalho



Se a quinta-feira amanheceu tranquila em Brasília, durou pouco. No fim do dia, por ordem do Supremo, o ministro do Trabalho havia sido afastado, a Polícia Federal havia encontrado R$ 95 mil em dinheiro na casa de um deputado, o ministro da Secretaria de Governo estava envolvido e o delator do Mensalão, Roberto Jefferson, voltava ao centro dum novo escândalo de corrupção. Um dia típico no Planalto Central.

Afastado do cargo pelo ministro Edson Fachin, o agora ex-ministro Helton Yomura se demitiu no fim do dia. De acordo com a Polícia Federal, ele agia como testa de ferro de Jefferson e sua filha, a deputada Cristiane Brasil. São acusados de montar uma operação pela qual concediam registros sindicais novos em troca de propina. Foi numa operação de busca e apreensão na casa do deputado paulista Nelson Marquezelli que se encontrou o dinheiro vivo. Na sede da PF, Yomura se calou. Seu chefe de gabinete, porém, falou — e afirmou que o processo de novos registros sindicais era acompanhado pelo ministro Carlos Marun, que trabalha na antessala de Temer. Eliseu Padilha ocupará interinamente a pasta do Trabalho. (Globo)

E... O Ministério Público investiga possível influência de Cristiane Brasil no Ministério da Cultura. (Estadão)

Fonte: Meio