15 junho 2018

Bandidos tentam evitar socorro de mulher baleada e perseguem ambulância em LEM: 'Consegui despistar', diz motorista


Caso ocorreu no município de Luís Eduardo Magalhães, no oeste do estado. Há duas semanas, homem foi morto em ambulância da cidade.

Polícia está a procura dos suspeitos que deixou duas vítimas em Luís Eduardo Magalhães

Uma mulher morreu e outra ficou ferida após terem sido atingidas a tiros no bairro de Santa Cruz, no município de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. A ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), usada no socorro das vítimas, foi perseguida pelos criminosos.

O caso ocorreu na madrugada de quinta-feira (14). As vítimas foram baleadas por volta das 2h30, na Rua Utinga, onde moravam. A mulher identificada como Alessandra Santos Cerqueira, de 22 anos, morreu na hora.

Nicélia Ramos de Araújo, de 25, foi atingida por cinco tiros e sobreviveu. Ela foi socorrida pelo Samu para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

Motorista relatou que conseguiu despistar bandidos (Foto: Reprodução/TV Oeste)

No trajeto para a unidade de saúde, o socorrista e motorista da ambulância percebeu que estava sendo seguido por uma dupla em uma moto. "Foram uns 800 metros [de perseguição]. Eu numa rua e eles na outra. Aí eu consegui, graças a Deus, despistar", disse Jadson Dias.

Os socorristas acreditam que os bandidos queriam evitar que Nicélia fosse socorrida. Ninguém foi preso até a publicação desta reportagem.

Não é a primeira vez que uma ambulância é alvo de bandidos na cidade. Há pouco mais de duas semanas, um jovem identificado como Thiago Avelino, de 24 anos, foi morto dentro de uma ambulância, quando estava sendo transferido para o Hospital do Oeste.

Fonte: G1 BA