22 maio 2018

Operação Último Tango: dois fugitivos de Correntina são presos em Goiás



Foram presos nesta segunda-feira, dia 21, no estado de Goiás, dois alvos da operação “Último Tango”, desencadeada pelo Ministério Público estadual no município baiano de Correntina em outubro de 2017. Cleunizete de Souza Sales e Erickson Linces Santos estavam foragidos e foram presos após uma ação conjunta de inteligência dos Grupos de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) da Bahia e de Goiás, com o apoio da Polícia Militar goiana. Também com prisões preventivas decretadas pela Justiça, continuam foragidos o vereador Wesley Campos Aguiar, conhecido como “Maradona”, e o assistente de controle interno da Câmara de Vereadores de Correntina, Hugo Neves dos Santos. Cleuzinete, conhecida como “Cleu”, e Erickson, conhecido como “Quinho”, são casados e atuavam, respectivamente, como tesoureira da Câmara Municipal e motorista particular, contribuindo para a prática dos crimes denunciados pelo Ministério Público. Eles são acusados de peculato e de integrar uma organização criminosa que desviava verbas públicas em Correntina.

Fonte: Cecom/MP