Bahia Farm Show

07 maio 2018

Comando petista proíbe debate sobre plano sem Lula



O alto comando do PT interditou o debate interno a respeito dos rumos eleitorais do partido. Quaisquer conversas internas a respeito de um plano que não seja ter Lula como candidato ao Palácio do Planalto estão proibidas. Aqueles que sugerirem o contrário serão considerados ‘traidores de Lula’. A decisão, sob o comando da senadora Gleisi Hoffmann, representa um confronto direto com os dois nomes cotados para plano B — Fernando Haddad e Jaques Wagner, ambos proponentes de o PT seguir rumo como vice de Ciro Gomes. Na força, Gleisi tenta manter o controle da legenda sem seu líder histórico. (Globo)

Mas... Há divergências sérias que nascem da decisão. Uma ala do comando teme que Ciro esteja sendo destratado. (Folha)

Ciro Gomes: “Tenho pena de uma pessoa da responsabilidade da presidente nacional do PT dizer uma coisa dessas. Para se ver como é questão de dar pena, estou apoiando quatro dos cinco dos principais candidatos a governador do PT. Minha crença é que a população brasileira não é um eleitorado de cabresto, nem meu nem de ninguém. Eu vou tocar o meu bonde. Na crise do mensalão, muito petista valentão hoje afrouxou geral. Pergunta para o Lula quem tava lá às sete da manhã todos os dias ajudando? Não acho, francamente, que o PT seja inocente nesse quadro todo. Só acho que, nesse momento, o PT é vítima de uma ação desequilibrada.” (Folha)

Por: Meio