21 dezembro 2017

Enquanto Maluf entra na cadeia, Garotinho sai



O deputado federal Paulo Maluf se entregou na manhã de ontem, à Polícia Federal, em São Paulo. Ele deverá ser transferido nos próximos dias para o bloco 5 da Penitenciária da Papuda, mais adequada a idosos. O político tem 86 anos. Mas, a princípio, sua idade avançada não deve livrá-lo de cumprir a pena em regime fechado. (Folha)

Enquanto isso... O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, prestou visita à presidente do Supremo. Disse a Cármen Lúcia que o plenário da Casa deveria ter a palavra final sobre a cassação do mandato de Maluf. No caso da prisão, há uma diferença entre o político paulistano e o senador Aécio Neves. Maluf foi condenado em última instância, Aécio recebeu medidas cautelares.

Uma no cravo, outra na ferradura... Aconteceu Gilmar Mendes. O ministro concedeu habeas corpus para soltar o ex-governador fluminense Anthony Garotinho. Afirma que ele não afronta a ordem pública e, portanto, a prisão preventiva no caso de compra de votos não cabe. Sua filha, a deputada federal Clarissa Garotinho, comemorou. “Teremos um Natal em paz.” (Globo)

Não ficou só nisso. O ministro também mandou para casa o presidente do PR, Antonio Carlos Rodrigues. Ele é alvo da mesma operação que envolve Garotinho. (Estadão)

Só observando... O Estadão utiliza muito este registro fotográfico de Ueselei Marcelino, da Reuters, em seus textos sobre Gilmar. Não está sozinho.

Por: Meio