Anuncie

Anuncie

Oficina de Educação Ambiental para prevenção aos incêndios florestais é realizada em São Desidério



Durante todo dia de ontem, 25, foi realizada a Oficina de Educação Ambiental para Prevenção aos Incêndios Florestais promovida pela Caravana Bahia sem Fogo, uma parceria entre as Secretarias Estadual e Municipal de Meio Ambiente. O evento contou com a participação de representantes de vários segmentos sociais com a finalidade de formar multiplicadores do tema debatido, é o que explica a especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Jamile Trindade “as oficinas de educação ambiental são destinadas a pessoas de vários segmentos para que elas possam multiplicar as informações junto à sociedade”.

Além de Jamile, a coordenadora de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente do estado, Silvana Canário ministrou a oficina que também contou com a participação de representantes do Corpo de Bombeiros da Bahia. “São Desidério é um dos oito municípios prioritários na lista de trabalhos de prevenção contra incêndios, devido o número de casos no vasto território”, revela, Silvana.


Para o subtenente Wesley do Corpo de Bombeiros da Bahia, a presença dos brigadistas na oficina é de fundamental importância para a troca de experiências. “Eles conhecem a realidade local e trabalham diariamente nas comunidades, desta forma levam mais informações para a população que muitas vezes praticam o ato da queimada por não conhecerem as consequências ou outras alternativas”, comenta.

É o que confirma a aluna da escola Bento Alves das Neves, Ágda Queiroz. “Foi muito bom participar dessa oficina, até o momento eu não tinha ideia da proporção dos prejuízos que uma queimada pode causar, vai além da questão ambiental, é questão de saúde também”, analisa ao assegurar que levará o que foi aprendido aos colegas da escola.

No evento foram ressaltados os danos causados por incêndios florestais e queimadas urbanas, provocados pela ação do homem e destacados os principais motivos que levam a essa ação. O Coordenador da Brigada de Combate a Incêndios de São Desidério, Celso Arlan, fala como é esse trabalho. “Temos oito brigadistas e já realizamos vários combates a focos de incêndio no município, é um trabalho difícil e muitas vezes doloroso, mas temos que lutar pelo meio ambiente, as pessoas precisam entender que as queimadas não são a melhor opção”, ressalta.


Para a diretora escolar, Reginita Cezar a presença dos brigadistas e os momentos de capacitação são valiosos. “Já vimos muitos casos de incêndio na região, todos os anos isso se repete, por isso é importante o trabalho dos brigadistas no controle e combate aos incêndios e nossa participação na oficina para levarmos as orientações para a comunidade escolar”, comenta.

A queimada sem licença do órgão ambiental competente é um crime e pode levar à prisão. O Assessor Técnico da SEMMA, Vinícius Rocha lembra que a responsabilidade com o meio ambiente é um dever de todos. “Os cuidados com o meio em que vivemos devem ser permanentes, precisamos formar essa consciência, por isso somos parceiros dos trabalhos propostos visando zelar pelo bem da natureza e da população”, alerta.

Fonte: ASCOM da Prefeitura de São Desidério

Tecnologia do Blogger.