02 junho 2017

São Desidério imuniza mais de 63% do rebanho bovino contra a febre aftosa



A Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Econômico, alerta os criadores de gado que a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa 2017 terminou na quarta-feira, 31, e para comprar a vacina, os criadores que perderam esse prazo pagará multa. Já para os pecuaristas que já vacinaram o seu rebanho e ainda não declarou, tem até o dia 15 de junho para fazer a declaração. No município de São Desidério, mais de 63% do rebanho bovino já foram declarados, a expectativa é que ultrapassa 90% de cabeças de gados imunizados.

Para a auxiliar administrativa da ADAB, Maria de Fátima, é muito importante que os criadores de gados seguem o calendário de vacinação. “Vale lembrar que apenas vacinar os animais não oficializa a vacinação, é necessário e obrigatório a declaração para que o cadastro fique liberado para movimentação de animais e documentos sanitários”, explicou.

A Bahia, que tem o oitavo maior rebanho do país, é considerada “zona livre de febre aftosa” com vacinação desde 2001. O último caso de febre aftosa no estado foi há 20 anos, em 1997. Em todo o estado, a expectativa é de que sejam vacinados mais de 10 milhões de cabeças de gado, entre bovinos e bubalinos. A segunda etapa ocorrerá do dia 1º a 30 de novembro para o rebanho com idade de 0 a 24 meses.

Os pecuaristas podem declarar a vacinação no escritório da ADAB mais próximo. Em São Desidério, a prefeitura disponibiliza este serviço por meio de uma parceria com a ADAB, onde tem uma sala montada na Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Econômico para prestar serviços desta natureza aos criadores.

Fonte: ASCOM da Prefeitura de São Desidério