15 março 2017

Caminhada Feminina, em Catolândia, marca luta por Igualdade e Direitos



Agricultoras, professoras, políticas, assistentes sociais, líderes comunitárias, estudantes, enfermeiras, donas de casa e arrimas de família. A diversidade, a união e a força feminina se encontraram no último domingo, 12, na 1ª Caminhada das Mulheres de Catolândia.


Cerca de 100 mulheres enfrentaram os 14 quilômetros que separam Catolândia de São Desidério. Debaixo de sol forte e com muita disposição, essas mulheres caminharam para lembrar que o dia da mulher é um dia de luta como todos os demais dias do ano.

“Não queremos flores e privilégios. Queremos igualdade e mais direitos, mais oportunidade, mais educação, mais respeito. Uma sociedade mais justa para nós mulheres é uma sociedade mais justa para todos”, afirmou Aldenora Lima dos Santos, técnica de enfermagem, ex-vereadora de Catolândia e uma das organizadoras da caminhada.

Anísia Silva, assistente social e Vilma Teixeira, professora, também organizaram o evento. Segundo elas, a maioria das mulheres que participaram são mulheres que fazem longas caminhadas diariamente: “são mulheres de luta, de fé, de coragem, que percorrem 6 quilômetros ou mais, todo dia, a pé”. Conforme as idealizadoras da caminhada, o evento é o primeiro de muitos que virão.

 
 


Por: Cathy Rodrigues