31 dezembro 2015

Presos tentam “fuga do réveillon” no Complexo Policial de Barreiras



Momentos de tensão no Complexo Policial de Barreiras (BA) no último dia de 2015. Presos abriram um buraco na parede da cadeia na tentativa de fuga do réveillon.

Há dias os agentes da polícia civil já vinham observando um movimento estranho dentro da prisão. Os policiais detectaram e sinalizaram o ponto exato onde os prisioneiros faziam a escavação.

Na noite desta quarta-feira (30), os presos concluíram a abertura do buraco. Entretanto, já na madrugada desta quinta-feira (31), policiais civis frustraram o primeiro preso que tentou sair pelo orifício.


O delegado Alírio Araújo, plantonista do dia, foi informado sobre a ocorrência por agentes da sua equipe. O delegado adotou medidas imediatas mantendo-se ‘vigilante com os agentes no local.

O delegado da policia civil Joaquim Rodrigues, titular da circunscrição policial, foi informado sobre a situação pelo delegado plantonista.

A polícia civil solicitou apoio da polícia militar no local. Policiais militares se juntaram aos agentes da policia civil em campana, para manter o controle na unidade policial.

Enquanto isso o delegado Joaquim Rodrigues, busca recursos para tampar o buraco. Ele permanece aberto causando muita tensão no local. Entretanto pedreiros já iniciaram os reparos no local.


Policiais civis alegam que ”cuidar de presos” não é atribuição da policia civil. A categoria se revolta ainda mais com o problema, a partir do momento que o presídio regional está pronto, mas não foi entregue para ser usado.

A Justiça determinou um prazo para que o governo da Bahia inaugure e entregue o presídio que está com a obra concluída.

Segundo as partes envolvidas no processo de entrega do presídio, para o uso acontecer, resta ao governador Rui Costa contratar empresas para a administração e manutenção do presídio.



Por: Flavio Lima