06 março 2015

Projeto ‘Samu na Comunidade’ é apresentado nas escolas da sede e zona rural do município

DSC_6776

A partir desta quinta-feira, 05, o coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu, Adriano José O. A. do Nascimento, junto com uma equipe do Samu, começou a aplicar para os alunos das escolas do município de São Desidério, o projeto ‘Samu na Comunidade’. Foi por meio de uma palestra sobre como utilizar os serviços de urgência e emergência solicitados pelo número 192, que os alunos da Escola Estadual Antônio Carlos Magalhães da sede, foram os primeiros a receber o projeto que será executado nas escolas municipais e estaduais da sede e zona rural do município.

DSC_6785

O projeto que tem como público alvo os profissionais da saúde, comunidade escolar e população, será executado por meio da portaria 2048 e foi determinado pelo Ministério da saúde. Surgiu da necessidade de levar ao alcance da população do Município de São Desidério as informações necessárias acerca dos serviços prestados pela equipe do SAMU e orienta-las como proceder diante de uma urgência ou emergência. Contudo, os resultados finais esperados pela equipe, é que o projeto venha esclarecer as dúvidas da população sobre as funções do Samu e que possa diminuir as sequelas do socorro imediato.

DSC_6773

De acordo com o coordenador do Samu, os principais objetivos do projeto é trabalhar com a população no desenvolvimento do espírito de solidariedade, nas ações de socorros e solicitação de ajuda, mostrar as condutas corretas nos casos de urgência e emergência com alunos e educadores, enfatizar a importância dos serviços de atendimentos às emergências e as formas de acionamento dos mesmos. Além de esclarecer a respeito da função 192, orientar o uso adequado do serviço, intensificar o combate ao trote e contribuir para a melhoria da saúde da população.

DSC_6770

Ainda de acordo com Adriano Nascimento, “a palestra aborda o que é o Samu, as etapas de regulação dos serviços como recepção da chamada, abordagem, diálogo médico para identificar os tipos de urgências, as decisões e acompanhamentos, o que são os primeiros socorros, providências e avaliações, além de outros. Neste início de projeto já observei que a receptividade dos alunos superou as nossas expectativas, o saldo é bastante positivo“. Assegura.

DSC_6781

A diretora da escola, Reginita Cesar dos Santos, ressalta a importância do projeto para o município e para as escolas. “A palestra foi bastante esclarecedora, principalmente a respeito das técnicas empregadas no atendimento, onde todos foram orientados sobre como preceder em casos de urgências. É muito importante receber a equipe do Samu nas unidades escolares, porque a comunidade escolar passa a conhecer o trabalho que a equipe vem desenvolvendo dentro do nosso município”, disse.

DSC_6775

O estudante do 7º ano, Felipe Rafael Silva de Oliveira, faz observações interessantes. “Hoje eu aprendi como proceder nos primeiros socorros para salvar uma vitima que tenha engasgado, ou que foi ferida por alguma arma ou de acidente, ou que bateu com a cabeça, eu vou saber ligar para o Samu e dar as informações corretas e saber informar se o caso foi grave”, garante.

DSC_6788

Fonte: Ascom/SD