11 agosto 2014

Irmão de socorrista do SAMU morre em grave acidente na BR 135




O acidente ocorreu na BR – 135, por volta das 18h 30 deste domingo, 10, no trecho entre o Fribarreiras e o Rio Branco. Um veículo Golf, cor prata, placa KFA 9984 de Goiânia-GO bateu na traseira de um Gol prata, de placa não identificada. Ambos seguiam para Barreiras. Com o forte impacto, os dois automóveis saíram da pista na mesma mão de direção. O Gol partiu ao meio ao bater contra uma árvore e o Vectra tombou e encostou-se a outra árvore, mais ou menos 50 metros da colisão.





Flávio retornava com Luciana da residência dos seus pais, o senhor Antonio e dona Enoe, na região do Assentamento Rio Branco. “A gente tinha ido a passeio e não vinha em alta velocidade”, disse a passageira. O Gol transportava uma carrocinha, que foi a primeira atingida no acidente.



Todos se espantavam ao ver a situação do carro de Flavio. A parte dianteira onde estavam os dois ocupantes ficou apartada da traseira, dentro do matagal. “Foi um milagre ainda estarmos com vida”, observou a vítima, antes de chegarem às equipes de socorro.




Um dos socorristas do SAMU e Jarbas Macedo da Silva se surpreendeu ao descobrir que um dos acidentados era seu irmão Flávio. Abalado emocionalmente, ele ficou nervoso ao conversar com o proprietário do Golf, mas posteriormente se acalmou e ajudou no resgate e socorro das vítimas.



No outro carro, havia dois homens e duas mulheres que não se feriram. Um deles se identificou com o pré-nome de Marcos, os demais não quiseram revelar suas identidades. Nervosa, uma das vítimas se queixava do excesso de velocidade do condutor do Golf, que segundo ela causou o acidente por não dar ouvidos as suas reclamações.



Fonte: Alô Alô Salomão