15 julho 2014

Funcionários da Mauricéa são detidos pela polícia civil furtando frangos da empresa


Frango escondido dentro da mochila




Frangos abatidos que estavam escondidos dentro da mochila

éAlguns frangos vivos também foram encontrados com os acusados

Na tarde desta segunda-feira, 14, agentes da polícia civil de LEM interceptaram um ônibus que transportava funcionários da empresa Mauricéa de volta para casa, após mais um dia de trabalho.

A suspeita era de que alguns funcionários estivessem furtando frangos da empresa. Ao realizar a vistoria no ônibus, os policiais civis encontraram alguns frangos dentro das mochilas de quatro funcionários.

Alguns frangos estavam abatidos, mas também havia frangos vivos.

Todos os funcionários foram levados para a delegacia de polícia para esclarecimentos.

Na delegacia, os quatro funcionários confessaram estar furtando frangos da empresa. Eles foram ouvidos e liberados e responderão em liberdade pelo crime de furto qualificado.

A polícia civil desmantelou o esquema após a direção da empresa comunicar que estava desconfiada de que funcionários estariam furtando frangos do local.
Fonte: Blog do Sigi Vilares