CAIXA AQUI

CAIXA AQUI

16 fevereiro 2018

MPF recorre contra decisão que permite aumento do número de vereadores de cidade na Bahia


O acréscimo de duas cadeiras na Câmara para as eleições municipais de 2016, deferido pelo TRE/BA, é irregular pois não respeitou os prazos legais

Imagem ilustrativa: Stock Photos

O Ministério Público Federal (MPF) na Bahia interpôs recurso especial ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o aumento do número de vereadores na Câmara Municipal de Presidente Dutra (BA) – cidade localizada a 496 km de Salvador. Segundo o MPF, a alteração de 9 para 11 cadeiras na Câmara nas eleições municipais de 2016, apesar de deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA), é irregular.

De acordo com o recurso, ajuizado em 29 de janeiro pelo procurador regional eleitoral Cláudio Gusmão, a Câmara Municipal não respeitou os prazos legais para a definição do número de vereadores a serem eleitos. A Resolução TSE n.º 21.702/2004 determina que esse número deve ser fixado com base na população de cada município, conforme a estimativa do IBGE divulgada no ano anterior às eleições. Segundo o art. 29 da Constituição Federal, a partir de 15.001 até 30.000 habitantes, a quantidade de cadeiras na Câmara passa de 9 para 11. Ainda, de acordo com a Resolução n.º 22.556/2007 do TSE, a alteração no número de vereadores teria que ter sido validada até o final do período das convenções partidárias, 5 de agosto de 2016.

Para Gusmão, apesar de a lei municipal ter sido publicada em 2015, o índice populacional de mais de 15.000 habitantes, que atestaria a ampliação na Câmara, foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística apenas em 30 de agosto de 2016 – data que ultrapassa inclusive o prazo das convenções partidárias. Além disso, o requerimento encaminhado à Justiça foi feito pela Câmara em 2 de outubro de 2016, quando as eleições já haviam terminado. De acordo com o procurador, a modificação, além de irregular, prejudicaria todo o processo eleitoral de 2016, que foi integralmente baseado no número de vagas então vigente, ou seja, 9 cadeiras.


Fonte de informação: ASCOM do Ministério Público Federal na Bahia

Projeto voluntário de iniciação ao vôlei leva ensinamentos para jovens de São Desidério






O esporte, seja qual for, tem um papel fundamental na resolução de vários problemas sociais, se mostrando como uma questão pública, voltada a colaborar para com a formação de cidadãos. Foi com base nisso que um grupo de voluntários da cidade de São Desidério, localizado no oeste baiano, criou o "Projeto Vôlei em São Desidério", projeto esse que objetiva educar e socializar jovens através do esporte. A iniciativa dos voluntários beneficia quase 40 adolescentes da cidade atualmente.


"O projeto voluntário visa a formação de novos cidadãos através do vôlei, pois tenho certeza que o esporte pode mudar e tirar várias pessoas do mundo das drogas. Inicializamos o projeto com apenas oito pessoas, divulgamos o nosso último torneio - que teve o apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo (SECULT) de São Desidério que doou as medalhas, coletes e bolas - nas redes sociais e aos poucos vamos conquistando mais adeptos ao esporte", disse Arisley Almeida.

Aryslei mantém uma rotina de dois dias de treinos por semana: às quintas das 19h30 às 22h e aos sábados das 9h às 12h no Ginásio de Esportes Professor Almiro Almeida.

Para ensinar no projeto, Arisley conta também com a ajuda de mais três voluntários; Alan, Luciano e Edivânio.

Info São Desidério

Centenas de pessoas acompanharam o Carnaval de Rua ‘Soprafolia’ de São Desidério



O carnaval de rua ‘Soprafolia’ arrastou centenas de foliões em dois dias de festa, 12 e 13, em São Desidério. O evento é organizado por moradores do município que contam com a ajuda de alguns comerciantes e com o apoio cultural da prefeitura por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (SECULT).

O organizador Fabio Marques explica que a ideia surgiu em 2013 para resgatar a cultura do carnaval e levar aos moradores e visitantes um momento de lazer e diversão neste período de festa carnavalesca. “Nossa cidade não comemorava o carnaval há muito tempo, as pessoas saíam para outros municípios e aqueles que ficavam não tinham opção, então juntamos alguns moradores e músicos e resolvemos fazer esse movimento, as pessoas gostaram muito, em especial as crianças e idosos, todos os anos participam com muito entusiasmo, é uma festa bonita e todos vêm com a intenção de se divertir em paz, estamos muito contentes”, comemora Fábio.


Ao som de instrumentos musicais de sopro, os participantes dançaram marchinhas de carnaval e passearam pelas principais ruas da cidade. “Eu me diverti muito, as pessoas estavam no clima de carnaval, pessoas fantasiadas, muitas crianças e famílias, foi tudo bem tranquilo e animado”, revela a visitante de Brasília, Maria Conceição Vieira.

O carnaval acabou, mas os festejos em São Desidério continuam para comemorar os 56 anos de emancipação. A SECULT está organizando uma programação especial que conta com shows e com a segunda edição do Ecobike Masculino.

Fonte de informação: ASCOM da Prefeitura de São Desidério

Projeto com gestantes atendidas pelo CRAS de São Desidério termina com ensaio fotográfico



O primeiro grupo do projeto com gestantes atendidas pela Secretaria de Assistência Social (SAS) por meio do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) terminou com ensaio fotográfico das participantes.

Durante quatro meses, várias gestantes participaram das atividades propostas pela equipe do CRAS, entre elas, palestras e orientações sobre saúde e cuidados na gestação e com o recém-nascido, planejamento familiar, aulas de artesanato para confecção de peças do enxoval, receberam um kit natalidade e participaram de um ensaio fotográfico na finalização do projeto.

“Me sinto muito feliz em participar de todas essas ações, estamos vivendo um período importante de nossas vidas que é a chegada de um filho, e fazer esse ensaio foi um momento muito bonito”, revela a dona de casa, Edivânia Ferreira.


Em breve um novo grupo de gestantes será formado, a monitora e artesã, Marinalva Costa convida as gestantes dos Bairros Tangará e Alto Cristo a participarem das atividades. “A participação nos grupos permite interação, estímulo à criatividade, descontração e melhorias para o cotidiano das gestantes, buscamos levar novidades e informações para elas”, confirma Marinalva.

O ensaio fotográfico foi realizado em parceria com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura (ASCOM).

Fonte de informação: ASCOM da Prefeitura de São Desidério / Texto e Foto: Jackeline Bispo

Moradores reclamam de água amarelada e sabor de ferrugem após chuva em Barreiras/BA


Embasa informou que mudanças na aparência e gosto da água foram provocados por produtos químicos usados no tratamento dela, mas que as substâncias não provocam problemas à saúde da população.

Comparação de água filtrada com a não filtrada em Barreiras, no oeste da Bahia (Foto: Reprodução/TV Bahia)

A água que é distribuída na cidade de Barreiras, no oeste da Bahia, ficou com a coloração amarelada e o gosto estranho após um período de chuva na região. Os moradores do município reclamam da situação.

De acordo com Eduardo Cunha, que é residente da associação de moradores de um dos bairros, o problema dura mais de uma semana. "Já tem mais ou menos uma semana, por aí, que a água tá com gosto de ferrugem, misturado com lama...esgoto. E está muito forte o gosto", contou.

Eduardo contou ainda que achou que o problema estivesse no reservatório da casa dele, mas depois percebeu que era na distribuição da água.

"Inicialmente, eu pensei que fosse da caixa de água, mas daí eu abri a [água] da torneira, que vem diretamente da rua, e vi. Um cheiro de lama, de ferrugem...fica na pele da gente", disse.

Já a comerciante Cléia Silva, que trabalha com produção de gelo, percebeu o problema com a água após congelar um pouco dela. A mulher comparou o líquido com a água filtrada e se assustou.

"Quando eu levantei de manhã, antes de ir pro trabalho, como eu trabalho com gelo, eu vi o aspecto da água e fiquei impressionada. Tinha um cheiro diferente e era marrom. Aí eu fui lá, peguei uma embalagem da que eu trabalho, que é uma embalagem tratada, enchi de água e coloquei na câmara para congelar. Foi aí que eu vi a diferença do gelo feito com a água filtrada para o da água da torneira. Tava toda amarelada", contou.

Em nota, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) disse que a composição da água bruta captada no Rio de Contas foi alterada com as intensas chuvas que caíram na área da bacia do Rio Grande, na região, e, por isso, foi preciso aumentar o uso dos produtos químicos usados no tratamento da água.

No entanto, ainda no comunicado, a empresa informou também que os produtos utilizados podem causar leve sabor ou cheiro diferentes do normal, mas que não representam risco à saúde da população, e garantiu que a água distribuída na cidade está dentro dos parâmetros exigidos pelo Ministério da Saúde.

Fonte de informação: G1 BA

Rio está sob intervenção federal; Comando Militar do Leste assume segurança



A pedido do governador Luiz Fernando Pezão, sai agora de manhã um decreto pelo qual as Forças Armadas assumem o comando da segurança no estado do Rio de Janeiro. É uma intervenção federal. O comandante militar do Leste, general Walter Souza Braga Neto, por ordens do presidente da República, toma do governador as responsabilidades sobre a área. É uma medida radical. Enquanto um dos entes federativos está sob intervenção, qualquer mudança na Constituição é de presto suspensa. Discussões sobre a reforma da Previdência, por exemplo, não acontecem mais. (O que, aliás, é conveniente para o Planalto, pois não tinha os votos.)

A decisão foi tomada ontem à tarde, no Rio, em uma reunião que juntou Pezão com os ministros da Defesa, Raul Jungman, e o da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco. Segundo os jornais de hoje, foi Pezão quem pediu. À noite, Temer convocou ministros e os presidentes de Senado e Câmara ao Jaburu para definir a intervenção. Rodrigo Maia, cujo pai Cesar deve sair candidato ao governo estadual, não gostou de ser pego de surpresa, conta Maria Lima. “Não vou ficar contra, mas também não vou opinar”, disse. Pezão o convenceu. “Rodrigo, não dá mais. Não temos saída.” O decreto de intervenção, ainda não publicado até o fechamento da edição, precisa determinar que áreas sofrem intervenção e qual oprazo para o fim do jugo federal. O Congresso Nacional também terá de aprová-la. (Globo)

Porém... O tom da Agência Estado, ainda ontem, era outro: Temer enviara Jungman e Moreira na Quarta de Cinzas para pressionar Pezãopor, no mínimo, uma intervenção branca.

Aliás... O governo passou, ontem, o dia discutindo sobre a criação de um Ministério da Segurança Pública. O ex-governador paulista Luiz Antônio Fleury Filho chegou a ser sondado, segundo Andréia Sadi, recusou. Era quem comandava São Paulo quando houve o Massacre do Carandiru. Diz o jornalista Ricardo Noblat que o ministério vai para o ex-secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame. E que seu primeiro trabalho será a intervenção no estado.

Flávia Barbosa: “Com a decisão de decretar uma intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro, a reforma da Previdência não poderá ser votada. Isso sugere que o cálculo político do Palácio do Planalto pode ter mudado, de uma agenda impopular e que não consegue apoio parlamentar para um tema que mobiliza a população brasileira. É preciso ver se o governo federal resistirá à pressão dos agentes econômicos ao adiar a votação da Previdência. Porém, se decidir seguir este caminho, começará outra empreitada. Temer terá de provar que a medida não será rasa; terá de apresentar em curto período de tempo resultados que os quatro planos de segurança pública com digital do governo federal lançados desde 2001 nunca conseguiram alcançar.” (Globo)

Fonte de informação: Meio

15 fevereiro 2018

Prefeitura de São Desidério entregará importantes obras no povoado de Guará no sábado 17



O Governo da Justiça Social e Progresso, por meio das Secretarias Municipais de Assistência Social (SAS), Cultura, Esporte e Lazer (SECULT) e de Infraestrutura, Transportes e Serviços Públicos (SEINFRA) realizará no sábado, 17, às 19 horas no povoado de Guará, a inauguração de três obras.

Localizado a cerca de 100 km da sede de São Desidério, a solenidade de inauguração contemplará a entrega das obras do Ginásio de Esportes, Sistema de Abastecimento e de Três Casas Populares para a população.


“Para corresponder às necessidades há muito tempo almejadas pelas pessoas que vivem nesta localidade, essas obras representam mais cidadania e irão beneficiar a população da comunidade de Guará em três importantes áreas: o Esporte e Lazer, a Infraestrutura e a Assistência Social”, explica o prefeito Zé Carlos.


Fonte de informação: ASCOM da Prefeitura de São Desidério

Vereadores pedem revogação da Lei que instituiu o Novo Código Tributário de Barreiras, baseados em princípio jurídico



Uma comissão composta por nove vereadores da base aliada do prefeito Zito Barbosa (DEM), entregou, na sexta-feira (9), para o gestor de Barreiras um pedido de revogação da polêmica Lei Municipal 1.269 de 26 de setembro de 2017 que criou o Novo Código Tributário. O ofício é seguido de um anteprojeto que além de revogar o novo Código Tributário de Barreiras, restabelece a vigência da legislação que foi abolida com sua sanção.

Tomando como base legal o disposto no art. 2º, § 3º da Lei de Introdução às normas do Direito Brasileiro, que autoriza a repristinação, desde que ocorra de forma expressa, os vereadores Carlos Costa (PHS), Almery Silveira (DEM), Gilson Rodrigues (DEM), José Barbosa (PSC), Hipólito dos Passos (PTC), Francisco Sobrinho (PPL), Izabel Rosa Santos (PSL), Antônio Carlos Matos (PP), Bem-Hir Aires (PP), pedem que o prefeito Zito Barbosa transforme o anteprojeto apresentado, em projeto de lei e que este seja encaminhado com urgência para a Câmara Municipal. Esta ação coletiva tem por objetivo maior corrigir as inversões das cláusulas gerais estabelecidas pelo princípio de igualdade tributária no Novo Código e ao mesmo tempo, oferece a proposta de uma construção coletiva de um Novo Código Tributário que deverá ser votado e aprovado ainda em 2018, vigorando no exercício de 2019 e seguintes anos.

“Entendemos o equívoco de uma votação mal sucedida, e por este motivo não poupamos esforços para buscar meios legais e técnicos de reverter a situação. Este anteprojeto de lei é um anseio da população barreirense que foi surpreendida com a cobrança de impostos de forma equivocada pelo Município de Barreiras, sabemos que as distorções somente foram verificadas após o início da vigência do novo código e sabedores do compromisso da atual gestão em transformar Barreiras numa cidade ainda mais geradora de emprego e renda, apresentamos este anteprojeto e nos disponibilizamos a trabalhar, juntamente com entidades de classe e a população, na elaboração de um Novo Código”, disse o vereador Carlos Costa.

O documento entregue reforça ao prefeito que a população não pode ser apenada pelo deficit das contas públicas. Em um dos trechos diz que “o Brasil vive uma crise econômica, (...) e os governos não devem simplesmente aumentar impostos sem nenhum parâmetro apenas com a intenção de regularizar suas contas, sabemos do esforço do governo em renovar a forma de gerir os recursos físicos e financeiros do Município e respeitamos e apoiamos as mudanças, desde que estas não prejudiquem os munícipes como com a aplicação do novo Código Tributário de Barreiras. Nossos munícipes, em especial os mais carentes, são as pessoas que mais sofrem com essas mudanças, pois o aumento dos impostos e taxas municipais gera reajustes em todos os serviços e no comércio varejista da cidade”.

Sob o amparo do instrumento jurídico da repristinação que é o fenômeno pelo qual uma norma jurídica revogada volta a ser válida pela perda de validade ou de vigência da norma revogadora, os vereadores esperam que o gestor dê sequência à anulação da Lei 1.269 e que o anterior Código volte a vigorar até que que um novo seja construído.

Fonte de informação: Araticum Assessoria de Comunicação

Grupo que abriu caixão por achar que mulher foi enterrada viva deve responder por violação funerária, diz polícia



Caso ocorreu no município de Riachão das Neves, no oeste do estado. Polícia acredita que boatos levaram à violação da urna funerária.

Família acredita que Rosangela Almeida foi enterrada viva (Foto: Reprodução/TV Oeste)

As pessoas que abriram o túmulo de uma mulher mais de 10 dias após o sepultamento, por acreditarem que ela tinha sido enterrada viva, devem responder por violação de urna funerária, crime que está previsto no artigo 210 do Código Penal, com pena de reclusão de um a três anos. O caso ocorreu no município de Riachão das Neves, no oeste do estado.

A informação foi passada ao G1 na manhã desta quinta-feira (15) pelo delegado Antistenes Benvindo, que atua como plantonista regional da delegacia de Barreiras, também no oeste do estado, e que fez o registro do caso. Ele diz que as investigações preliminares apontam que a situação relatada pelos familiares não se sustenta em nenhum indício plausível.

O delegado da cidade de Riachão das Neves, Arnaldo Alves, que assumiu a apuração do caso após registro inicial da delegacia de Barreiras, também contou à reportagem que as informações que levaram familiares a violarem o túmulo não passaram de "boatos".

Rosângela Almeida dos Santos, de 37 anos, estava internada no Hospital do Oeste, em Barreiras, com um quadro de infecção respiratória. No dia 28 de janeiro, ela teve o falecimento atestado pela unidade médica após um quadro de choque séptico, quando a infecção se alastra pelo corpo afetando vários órgãos.

No dia seguinte, ela foi sepultada em Riachão das Neves. Onze dias depois do enterro, por acreditar que a mulher tinha sido enterrada viva, um grupo abriu o caixão que tinha sido depositado em uma urna funerária.

Túmulo foi violado pela família (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Investigações

Segundo o delegado Antistenes Benvindo, a mãe da vítima estaria sonhando há dias que a filha estava viva. Após a informação de uma moradora, de que teria ouvido gritos de dentro da sepultura, familiares decidiram violar o caixão.

Em entrevista à TV Oeste, afiliada da Rede Bahia, a mãe de Rosângela Almeida disse que o corpo dela foi encontrado revirado no túmulo, com ferimentos nas mãos e testa, como se tivesse tentado sair do caixão.

"Até aqueles preguinhos que estavam em cima estavam soltos. A mãozinha tava ferida, como quem estava arrumando, assim, arrumando o caixão para sair", disse Germana de Almeida.

Benvindo, entretanto, disse que as informações não se confirmam. "Ela [a vítma] estava do mesmo jeito, intacta. O irmão dela mesmo disse". O delegado também contou que as informações sobre ferimentos nas mãos e na testa não são verídicas.

Sobre o relato de que o corpo da vítima estava conservado, a polícia disse que informações médicas relatam que o uso de antibióticos durante o internamento e o tempo chuvoso favoreceram uma decomposição mais lenta.

O delegado também conta que a mulher foi sepultada mais de 20 horas após o óbito e que, durante todo o processo, que envolveu preparação do corpo para enterro e velório não houve um sinal de vida.

Uma perícia foi feita no túmulo, onde o corpo foi recolocado, e um laudo deve esclarecer a situação. O prazo para divulgação do documento não foi divulgado. Segundo o delegado de Riachão das Neves, que assumiu as investigações, todos os envolvidos no caso devem ser ouvidos a partir desta quinta-feira.

Mulher foi sepultada no cemitério de Riachão das Neves (Foto: Reprodução/TV Oeste)

Fonte de informações: G1 BA

Ônibus colide com carreta na BR-020, perto de Formosa; ao menos 7 mortos




O ônibus, que seguia de Cajazeiras (PB) para Goiânia, ficou destruído com a colisão. Dezenas de feridos foram resgatados e levados para hospitais em Brasília e em Formosa

Ao menos sete pessoas morreram e cerca de 30 ficaram feridas em um grave acidente entre um ônibus de viagem interestadual da empresa Guanabara, do grupo Real Expresso, uma carreta carregada de adubo com placa do município de Guarapuava (PR) e outro caminhão. A colisão frontal ocorreu por volta das 6h30 desta quinta-feira (15/2), na BR-020, entre os povoados de JK e Bezerra, próximo ao município de Formosa (GO), a 45km do Distrito Federal. 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o impacto foi tão forte que uma das laterais do ônibus ficou completamente destruída, o que pode ser confirmado pelas fotos do desastre. 

Até por volta das 14h, todos os corpos haviam sido retirados do ônibus e levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Goiás. Três das vítimas identificadas tiveram os nomes revelados: o motorista do ônibus, Édison Lopes Lima, 47 anos; e os passageiros Antônio Elton Pereira Rodovalho, 38; e Iarana Santos Sousa, 1 ano e 4 meses. Os bombeiros acreditam que a mãe da criança, Larissa Santos Sousa, está em estado gravíssimo no Hospital de Sobradinho. 

O local já foi periciado pela polícia. Filmagens amadoras mostram o socorro dos bombeiros às vítimas. Na parte frontal do ônibus, um amontoado de ferragens e objetos espalhados demonstram a violência da batida. Veja:

A PRF afirma que o ônibus, que seguia de Cajazeiras (PB) para Goiânia, levava ao menos 43 ocupantes. Segundo o major Bráulio Flores, comandante do Corpo de Bombeiros de Formosa, três vítimas foram levadas de helicóptero, em estado gravíssimo, para Brasília. Outras 12, em estado grave, seguiram de ambulânciapara hospitais no DF e em Formosa. E 15 pessoas, com ferimentos mais leves, também ficaram no hospital da cidade goiana. No DF, hospitais de Sobradinho, Paranoá e Planaltina, além do Instituto Hospital de Base, estão recebendo as vítimas.

Segundo a Secretaria de Saúde do DF, as vítimas neurológicas foram concentradas no Base, enquanto as de casos clínicos e ortopédicos foram levadas para a unidade de saúde em Formosa. A pasta confirma que até o começo da tarde, ao menos 12 feridos haviam sido encaminhadas a hospitais no DF.

O Instituto Hospital de Base, por meio de nota, afirmou que três pacientes adultos deram entrada no pronto-socorro, trazidos por resgate aéreo do Corpo de Bombeiros. Um deles, um homem de idade não informada, não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade. Os outros dois, um homem e uma mulher, seguem em estado gravíssimo, com múltiplos traumas. De acordo com a unidade de saúde, eles estão sedados e respiram por aparelhos. A mulher sofreu uma parada cardíaca.

No Hospital Regional de Planaltina (HRP), são seis os pacientes atendidos após o acidente. Joana Jacinta ficou sabendo do ocorrido por meio de uma página nas redes sociais e, logo depois, confirmou com a empresa que a mãe dela estava no ônibus. A moradora de Ceilândia chegou a Planaltina por volta das 12h30 à procura de Heloisa de Almeida, 76 anos, que vinha de Pombal (PB). Ela teve alguns ferimentos, passa bem, mas continua internada porque tem problemas cardíacos.

Durante o resgate das vítimas, o trânsito na rodovia ficou totalmente bloqueado nos dois sentidos e havia congestionamento desde o km 42. Além da PRF, PM e Corpo de Bombeiros, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do DF e de Goiás também foi acionado.

Equipes de Brasília e Goiás fazem resgate

O Corpo de Bombeiros do DF enviou uma aeronave e sete ambulâncias para ajudar no resgate das vítimas. Militares da corporação e agentes da PRF também seguiram para lá, dando apoio às equipes de Goiás e controlando o tráfego.A carreta, segundo a PRF, transportava adubo e a carga ficou espalhada no local. A empresa responsável providenciou o guincho. Segundo a Polícia Militar, foi difícil a comunicação por aparelhos eletrônicos na região, já que é precário o sinal de rádio e de celular. Por volta das 10h50, a PMDF enviou o helicóptero Fênix do Batalhão de Aviação Operacional da PMDF (BAvOp) para auxiliar os trabalhos de socorro.

A região onde a colisão ocorreu é próxima ao Sítio Arqueológico de Bisnau. O trecho é de pista simples, com ultrapassagem proibida. Ainda não se sabem as circunstâncias do acidente.

Empresa lamenta acidente

O Grupo Real Expresso informa que já providenciou outro ônibus para deslocar os passageiros que passam bem. Em nota, a Guanabara explicou que o ônibus saiu de Cajazeiras às 16h35 de terça-feira (13/2) e que o motoristas teve 20 horas de descanso antes de assumir o volante. Ressaltou que, assim que foi comunicada do acidente, enviou uma equipe de Brasília para prestar assistência aos passageiros. "A Guanabara lamenta o ocorrido e ressalta que irá prestar assistência necessária às vítimas. A empresa disponibiliza o telefone do SAC 0800-7281992 para atendimento aos familiares dos passageiros", escreveu.

Em nota, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) afirmou que o ônibus é novo e "está em conformidade quanto aos requisitos legais". Além disso, a Expresso Guanabara tem autorização da agência para operar na linha.

Fonte de informação: Correio Braziliense

Balanço parcial da PRF aponta queda no número de acidentes em rodovias


PRF reforçou a fiscalização nas rodovias federais durante o carnaval (Divulgação/PRF)

O balanço preliminar da Operação Carnaval, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), aponta que o número de acidentes em rodovias federais caiu durante o carnaval, em relação ao ano passado. Segundo a PRF, entre sexta-feira (9), dia do início da operação, até a meia-noite da terça-feira (13), foram registrados 249 acidentes graves, com 87 óbitos em decorrência de acidentes de trânsito, números menores do que no ano passado, quando foram 309 e 131 óbitos, respectivamente.

O número de flagrantes por embriaguez também caiu. Entre sexta-feira e terça-feira, foram 1.497 motoristas autuados por embriaguez ao volante, número 22% menor do que os 1.914 flagrados no mesmo período do ano passado. Ao todo, 144 mil veículos foram fiscalizados.

A ultrapassagem irregular, embora também menor que o do ano passado, registrou 8.109 autuações, 17% a menos que as 9.782 de 2017.

A operação continua até a meia-noite de hoje, com a fiscalização focada em condutas associadas ao maior número de acidentes, como ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade, mistura álcool e direção e falta de equipamentos de segurança.

Por: Agência Brasil, com informações da Polícia Rodoviária Federal.

14 fevereiro 2018

Vende-se um lote no Loteamento Parque São José, em LEM.





Vende-se um lote de nº 34, quadra 33, no Loteamento Parque São José, em Luís Eduardo Magalhães/BA. Área total de 265,5m², sendo 9 metros de frente e fundo, e 29,5 metros do lado direito e esquerdo. Lote parcelado em 100 vezes sendo reajustado anualmente, foram pagas 38 parcelas (incluindo janeiro) restando a pagar 62 parcelas.

Valor aproximado do imóvel quitado 65.000,00.

Interessados devem ligar para (77) 99848-9683 ou (77) 99872-1350.

Info São Desidério

Diretor da PF tenta proteger Temer e vira alvo, no Carnaval



O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, aproveitou-se do Carnaval para dar à Reuters uma entrevista exclusiva. “Os indícios são muito frágeis de que houve influência”, falou. Tratava da investigação sobre pagamento de propinas pela empresa Rodrimar no decreto que prorrogava concessões nos portos, do ano passado. Um dos principais investigados: o presidente Michel Temer. De acordo com Segovia, a tendência seria recomendar o arquivamento do inquérito.

Era um balão de ensaio para passar em branco no meio da folia. Não aconteceu. “É sempre temerário que a direção-geral emita opiniões pessoais sobre investigações nas quais não está diretamente envolvida”, fez escrever em nota pública a Associação dos Peritos Criminais Federais. A maior pancada, porém, veio do ministro Luís Roberto Barroso, que responde pelo inquérito no Supremo. “Tal conduta, se confirmada, é manifestamente imprópria”, falou a respeito da entrevista. “Pode, em tese, caracterizar infração administrativa e até mesmo penal.” Segóvia deve se explicar a Barroso hoje.

O Planalto está preocupado. Para o inquérito, o delegado Cleyber Malta Lopes pediu, nas últimas semanas, depoimentos do ex-executivo da JBS Ricardo Saud, do ex-presidente da empresa Joesley Batista e do coronel aposentado João Batista Lima, muito ligado ao presidente. O velho policial militar tem conseguido evitar este depoimento. Mas a PF insiste. Além disso, o delegado começou a fuçar outro inquérito, arquivado, que tem foco em propinas no Porto de Santos que envolvem Temer. Segundo a repórter Andréia Sadi, o presidente discute retirar o delegado do caso desde a posse de Segovia. Ainda não conseguiu.

Dentro da corporação, delegados pressionam pela renúncia de Segovia, informa o Painel. (Folha)

Por: Meio

13 fevereiro 2018

Mulher é presa por tentar tirar virgindade de rapaz, em Minas Gerais! Será Verdade?


Será verdadeira ou falsa a notícia afirmando que uma garota teria tentado “tirar a virgindade” à força de um jovem mineiro de 20 anos de idade?

A notícia surgiu nas redes sociais na segunda semana de fevereiro de 2018 e chamou a atenção por contar a história de uma garota muito bonita de nome Jaqueline, que teria cometido o crime de tentar tirar a virgindade de um rapaz de nome Gabriel, no estado de Minas Gerais.

Veja o que diz o boato:

Muita Atenção !!!
Essa mulher foi presa por tentar tirar a virgindade de um rapaz de 20 anos de idade, segundo o Gabriel essa moça teria convidado ele para sair, mas Gabriel recusou pedido, no dia 10 de fevereiro de 2018, por volta das 9:30 ela teria ido até a casa de Gabriel, e sem que ele visse ela entrou na casa dele enquanto ele dormia e começou a tirar a roupa do rapaz, Gabriel teria se acordado enquanto isso e ao desespero começou a pedir socorro, depois de alguns minutos chegou dona Maria que é mãe de Gabriel, que o ajudou a segurar a moça até que a policia chegasse .No depoimento de Jaqueline ela conta que gosta de atos sexuais e que só queria ajudar Gabriel, caso aconteceu em Minas Gerais.* Agora analise bem a situação de Gabriel e comente o que você acha sobre a ação da moça …

Reprodução Facebook

Verdade ou apenas mais uma e-farsa?

O que chama atenção nesse boato é, mais uma vez, a velocidade com que ele se espalhou! Em apenas uma das postagens analisadas, o post já teve mais de 17 mil compartilhamentos, 36 mil reações e mais de 34 mil comentários, o que ajuda a gente a entender o porquê essas pessoas e paginas criam esses boatos, só para terem visibilidade e gerar trafego seja em uma página no Facebook, ou em um site.

Para descobrir a verdade sobre a imagem da moça presa (que até aqui se chamava “Jaqueline”), usamos um recurso que está disponível para qualquer usuário de internet, que é a busca por imagens do Google, onde usamos a própria imagem para fazer uma buscar por todos os cantos da internet.

Logo nos primeiros resultados achamos a imagem postada no dia 08 de fevereiro de 2018, dois dias antes do fato narrado no boato, na página MOC Alerta, nos traz a informação que a Polícia de Rio Pardo de Minas, em Minas Gerais, havia detido quatro pessoas – uma mulher e três homens – que estavam em um veículo Onix, cor branca, placa de São Paulo, com cerca de R$ 40 mil no assoalho do carro. Segundo a Polícia, eles são suspeitos de terem explodido uma agência bancaria na cidade, na madrugada do dia 07. Além das quatro, outras três pessoas foram presas, e a polícia recuperou no total R$90 mil reais.


Uma das coisas que mais chamou a atenção ao analisar esse boato, foi que em umas das postagens, diversos usuários estavam fornecendo seus endereços residenciais e outros detalhes, para provarem que eram melhores o suposto Gabriel, o que pode se tornar um perigo, caso alguém com más intenções queira checar os dados ali fornecidos.
Conclusão

A mulher que supostamente aparece sendo presa por ter tentado “desvirginar” um rapaz em Minas Gerais é, na verdade, uma das presas de uma quadrilha suspeita de ter explodido uma agência bancaria em Rio Pardo de Minas, no estado de Minas Gerais.

Fonte: E-Farsas

12 fevereiro 2018

São Desidério: Resultado da análise para a concessão de Bolsa de Estudo; confira a lista.



A Prefeitura de São Desidério divulgou, na última quinta-feira, 08, o resultado das análises para a concessão de Bolsa de Estudo. Confira seu nome no edital abaixo:


Info São Desidério