CMSD

CMSD

CAIXA AQUI

CAIXA AQUI

26 julho 2017

Desmatamento do cerrado supera o da Amazônia, indica dado oficial


Pássaros em revoada sobre área de lavoura no Matopiba. Foto: Thiago Foresti/Ipam.

O cerrado perdeu 9.483 quilômetros quadrados de vegetação em 2015, um número que equivale a mais de seis cidades de São Paulo e supera em 52% a devastação na Amazônia no mesmo ano. A informação vem dos primeiros dados de monitoramento anual do bioma, divulgados pelo governo federal.

A série de dados de satélite, feita pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), foi postada discretamente numa página do Ministério do Meio Ambiente na internet, sem divulgação para a imprensa ou entrevista coletiva. Ela vem acompanhada de uma análise do desmatamento entre 2013 e 2015, mostrando a pressão sobre o bioma em cada município, as unidades de conservação, terras indígenas e assentamentos de reforma agrária mais desmatados.

O monitoramento anual do cerrado, nos mesmos moldes do que é feito na Amazônia desde os anos 1980, é uma promessa antiga. Ele vem sendo aventado desde 2008. Em 2010, e chegou a ser anunciado para o ano seguinte. Dificuldades técnicas de observar com satélite um bioma formado por savanas e campos naturais, restrições orçamentárias e o baixo interesse histórico do poder público em olhar mais de perto o comportamento ambiental do agronegócio exportador fizeram com que a promessa fosse postergada. Só em 2016 o governo lançou um programa de monitoramento ambiental de todos os biomas.

“A série de dados do cerrado é uma informação crucial para a sociedade, mas também para o mercado”, disse Jair Schmitt, diretor de Políticas de Combate ao Desmatamento do Ministério do Meio Ambiente. “Ela vai permitir desenhar e aplicar ao cerrado políticas como as que causaram a redução do desmatamento na Amazônia.”

Thelma Krug, pesquisadora do Inpe que iniciou o programa de monitoramento no ano passado quando estava no MMA, diz que a série histórica vai permitir ao Brasil captar recursos no exterior para reduzir o desmatamento no bioma – a exemplo do que ocorre com o Fundo Amazônia.

O chamado “Prodes do cerrado” (o apelido é uma referência ao Prodes, o sistema que dá a taxa anual de desmatamento na Amazônia) ainda tem buracos: os dados para os anos de 2012 e 2014 não foram finalizados. Mesmo assim, a série que de agora em diante será a taxa oficial de perda do segundo maior bioma brasileiro confirma estimativas que já vinham sendo feitas e permite tirar algumas conclusões. Há uma notícia boa e várias ruins.

A boa é que o Brasil praticamente cumpriu a meta de sua política nacional de clima de reduzir a devastação em 40% até 2020, para 9.421 quilômetros quadrados ao ano. Por coincidência, mas cumpriu.

“A meta foi calculada originalmente, em 2009, com base em estimativas anteriores ao monitoramento anual, que estimaram uma média de 15.700 quilômetros quadrados perdidos ao ano entre 1994 e 2008.”.

A meta foi calculada originalmente, em 2009, com base em estimativas anteriores ao monitoramento anual, que estimaram uma média de 15.700 quilômetros quadrados perdidos ao ano entre 1994 e 2008. A proposta inicial era uma redução de 50%, que foi expurgada de próprio punho pela então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Como lembrou a ecóloga Mercedes Bustamante, da Universidade de Brasília, o país definiu como “aceitável” perder todo ano o equivalente a 1% da área remanescente do cerrado.

Diferentemente da Amazônia, porém, no cerrado não houve um esforço sistemático de comando e controle, nem havia um acompanhamento anual da taxa – uma estimativa publicada após a adoção da política, com uma metodologia diferente, apontava para 7.600 quilômetros quadrados desmatados entre 2008 e 2009, o que implicaria que a meta já teria sido cumprida no ano de sua adoção. A nova série histórica publicada pelo MMA põe o desmate em 2009 em 10.342 quilômetros quadrados.

Entre as más notícias está o fato de que o cerrado continua perdendo 1% de sua área remanescente por ano. Dados do projeto MapBiomas publicados neste ano indicam que o desmatamento acumulado no bioma neste século foi três vezes maior que o da Amazônia, proporcionalmente ao tamanho da área de vegetação remanescente.

Sem surpresa, os dez municípios mais desmatados ficam no chamado Mapitoba, palco da expansão da fronteira agrícola, entre os Estados de Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia (daí o acrônimo). Juntos, eles respondem por 11% dos quase 30 mil quilômetros quadrados desmatados no cerrado entre 2013 e 2015.

Os três campeões são baianos: São Desidério (337 km2), Jaborandi (295 km2) e Formosa do Rio Preto (271 km2), todos produtores de soja. A Bahia tem cinco municípios na lista dos dez mais.

A Bahia também é o Estado pioneiro da flexibilização do licenciamento ambiental. Em 2014, um decreto do governo estadual isentou as atividades agropecuárias de licenciamento, algo que hoje a bancada ruralista pretende emular com a lei geral de licenciamento, em tramitação no Congresso. A dispensa foi questionada na Justiça e revogada em 2017. Durante sua vigência, o Estado não apenas viu o desmate avançar no cerrado, como também presenciou sua explosão na mata atlântica: 207% em 2015/2016 em relação ao biênio anterior.

Segundo Tiago Reis, pesquisador do Ipam (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia), a destruição acelerada do cerrado cria problemas para a própria agricultura. “Esse desmatamento coloca em risco o equilíbrio ambiental que garante a produção agrícola no Brasil, uma vez que a perda de vegetação nativa do cerrado compromete a formação de chuvas por evapotranspiração, a infiltração das águas no solo para recarregar aquíferos e rios da região”, diz. “Desse processo dependem as enormes áreas agrícolas irrigadas do oeste baiano, por exemplo.”

Fonte: O ECO

Oficina de Educação Ambiental para prevenção aos incêndios florestais é realizada em São Desidério



Durante todo dia de ontem, 25, foi realizada a Oficina de Educação Ambiental para Prevenção aos Incêndios Florestais promovida pela Caravana Bahia sem Fogo, uma parceria entre as Secretarias Estadual e Municipal de Meio Ambiente. O evento contou com a participação de representantes de vários segmentos sociais com a finalidade de formar multiplicadores do tema debatido, é o que explica a especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Jamile Trindade “as oficinas de educação ambiental são destinadas a pessoas de vários segmentos para que elas possam multiplicar as informações junto à sociedade”.

Além de Jamile, a coordenadora de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente do estado, Silvana Canário ministrou a oficina que também contou com a participação de representantes do Corpo de Bombeiros da Bahia. “São Desidério é um dos oito municípios prioritários na lista de trabalhos de prevenção contra incêndios, devido o número de casos no vasto território”, revela, Silvana.


Para o subtenente Wesley do Corpo de Bombeiros da Bahia, a presença dos brigadistas na oficina é de fundamental importância para a troca de experiências. “Eles conhecem a realidade local e trabalham diariamente nas comunidades, desta forma levam mais informações para a população que muitas vezes praticam o ato da queimada por não conhecerem as consequências ou outras alternativas”, comenta.

É o que confirma a aluna da escola Bento Alves das Neves, Ágda Queiroz. “Foi muito bom participar dessa oficina, até o momento eu não tinha ideia da proporção dos prejuízos que uma queimada pode causar, vai além da questão ambiental, é questão de saúde também”, analisa ao assegurar que levará o que foi aprendido aos colegas da escola.

No evento foram ressaltados os danos causados por incêndios florestais e queimadas urbanas, provocados pela ação do homem e destacados os principais motivos que levam a essa ação. O Coordenador da Brigada de Combate a Incêndios de São Desidério, Celso Arlan, fala como é esse trabalho. “Temos oito brigadistas e já realizamos vários combates a focos de incêndio no município, é um trabalho difícil e muitas vezes doloroso, mas temos que lutar pelo meio ambiente, as pessoas precisam entender que as queimadas não são a melhor opção”, ressalta.


Para a diretora escolar, Reginita Cezar a presença dos brigadistas e os momentos de capacitação são valiosos. “Já vimos muitos casos de incêndio na região, todos os anos isso se repete, por isso é importante o trabalho dos brigadistas no controle e combate aos incêndios e nossa participação na oficina para levarmos as orientações para a comunidade escolar”, comenta.

A queimada sem licença do órgão ambiental competente é um crime e pode levar à prisão. O Assessor Técnico da SEMMA, Vinícius Rocha lembra que a responsabilidade com o meio ambiente é um dever de todos. “Os cuidados com o meio em que vivemos devem ser permanentes, precisamos formar essa consciência, por isso somos parceiros dos trabalhos propostos visando zelar pelo bem da natureza e da população”, alerta.

Fonte: ASCOM da Prefeitura de São Desidério

Em sequestro inusitado, para resgatar as vítimas, bandidos pedem Bolsa Família e transferência do Minha Casa Minha Vida



Inacreditável a criatividade e ousadia dos bandidos que praticaram um sequestro no município de Água Preta, zona da mata sul de Pernambuco. Policiais divulgaram que foram acionados por familiares desesperados com ação dos acusados e que o fato inusitado foram os pedidos dos marginais: o repasse da mensalidade do benefício do bolsa família e a transferência do imóvel financiado pelo programa Minha Casa Minha Vida.

O JC anunciou que

"numa ação conjunta das polícias Militar e Civil de Pernambuco frustrou, em menos de 24 horas, um sequestro na tarde desta terça-feira (25) em Água Preta, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Três homens e um jovem sequestraram duas pessoas, entre elas uma adolescente de 13 anos, e pediam como resgate uma mensalidade do Bolsa Família de uma das vítimas e a transferência da titularidade de uma casa adquirida por meio do programa Minha Casa, Minha Vida."

Policiais fizeram buscas intensas, invadiram o local do cativeiro, encontrando o líder da quadrilha e mais três comparsas. As duas vítimas disseram que os marginais foram violentos; todavia, quando da abordagem policial, a PMPE encontrou um dos bandidos negociando diligentemente com parentes das jovens que foram sequestradas.


Contran aprova carteira de habilitação digital


Documento poderá ser apresentado em smartphones a partir de fevereiro próximo, diz Ministério das Cidades. Versão impressa continuará sendo emitida.


A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) foi aprovada nesta terça-feira (25) pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Segundo o Ministério das Cidades, ela será uma versão do documento com o mesmo valor jurídico da CNH impressa e estará disponível a partir de fevereiro próximo.

Os motoristas poderão apresentar o documento de porte obrigatório tanto impresso quanto em formato digital, no smartphone.

O ministério afirma que há um conjunto de padrões técnicos para suportar um sistema criptográfico que assegura a validade do documento. A autenticidade da CNH digital poderá ser comprovada pela assinatura com certificado digital do emissor ou com a leitura de um QRCode.

Com esse dispositivo, os agentes de trânsito também poderão consultar os dados dos documentos por meio de um aplicativo de celular, que ainda está em fase de testes. O app fará a leitura do QRCode, como já é realizado com a CNH impressa.

"Com isso, quem esquece a CNH em casa não estará sujeito a multa e pontos na carteira. Basta apresentar o documento digital”, diz o ministro das Cidades, Bruno Araújo.

O Contran ressalta que a CNH impressa continuará sendo emitida normalmente.

Como vai funcionar

• Cadastro - O usuário realizará o cadastro no Portal de Serviço do Denatran e confirma seu email com o uso de certificado digital. Para isso, o acesso deve ser efetuado por um equipamento que permite o uso desse certificado; ou por meio do seu e-mail, no balcão do Detran.

• Ativação do cadastro - Será enviado um link para o email informado. Em seguida, o motorista deverá realizar o login pelo aparelho onde deseja ter sua CNH digital.

• Segurança - No primeiro acesso, será preciso criar um PIN (código) para armazenar os documentos com segurança. Será preciso inserir o PIN criado para poder visualizar os documentos.

• Bloqueio – Caso necessite bloquear o aparelho para impedir o uso de sua conta e acesso aos seus documentos, o usuário deve acessar o Portal de serviços do Denatran com o certificado digital e solicitar o bloqueio.

Fonte: Globo

Câmara de São Desidério contrata agência de publicidade e vereadores aprovam plano de comunicação para o biênio 2017-2018



As Marias Propaganda, agência de publicidade contratada pela Câmara de São Desidério, através de processo licitatório, realizou uma reunião como os vereadores da Casa, na última quinta-feira, 20, para apresentar o projeto de comunicação que começa a ser implantado pela primeira vez na história do Legislativo Municipal.

“Além de divulgar aos atos e despachos Legislativos, nosso plano, traçado com base no compromisso de transparência da Mesa Diretora desta Casa, visa ampliar o alcance das notícias utilizando os diversos meios de comunicação, inclusive as não mídias e redes sociais. A utilização sensata dessas TIC’s, aproxima o povo de seus representantes e desmistifica a atordoada impressão de que vereador só trabalha em dia de sessão”, afirmou Melyssa Chaves, representante da agência As Marias.

“Precisamos estreitar nosso elo com os diversos meios de comunicação, para que todos os moradores e filhos de nossa cidade, independentemente de onde estejam, possam acompanhar os trabalhos do Legislativo. Entretanto, é fundamental que tenhamos profissionais capacitados para gerenciarem a disseminação das notícias”, completou o presidente da Câmara, Marusan Ferreira.

Com muita satisfação, todos edis presentes concordaram com a proposta apresentada, tento em vista, principalmente, o objetivo comum de manter a população saodesiderense informada das ações legislativas.

Fonte: ASCOM da Câmara de Vereadores de São Desidério

Mini Semana Jovem da Igreja Adventista de São Desidério. Participe!


Entre os dias 26, 27 e 28 de julho, às 19h, no 1º piso do Mercado Municipal de São Desidério, será realizada a Mini Semana Jovem, organizada pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, através dos Jovens Adventista. O evento, voltado para o público jovem, será dinâmico. Participe!


Info São Desidério

Justiça suspende aumento de impostos



O juiz Renato Borelli, da 20ª Vara Federal do DF, concedeu liminar que suspende o aumento das alíquotas de PIS/Cofins dos combustíveis. O efeito é imediato. Para o juiz, imposto nenhum pode ser aumentado por um decreto que modifica outro decreto. É preciso fazê-lo por lei, aprovada pelo Congresso. Além disto, diz Borelli, a lei determina também uma noventena — entre a decisão de elevar um imposto e sua execução deve ser dado um prazo de 90 dias. (Estadão)

Um caso semelhante está no Supremo, que é de onde uma decisão definitiva terá de sair. A Constituição afirma que a União não pode “aumentar tributo sem lei que o estabeleça”, mas a lei 10.865, de 2004, autoriza o Executivo a ajustar alíquotas por decreto. O STF tem de avaliar se esta lei viola ou não a Constituição — por enquanto, o julgamento está em suspenso. (Globo)

Caso não consiga derrubar a decisão, o governoaumentará outro imposto. (Valor)

Enquanto isso... O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, que anunciou na segunda-feira o Programa de Demissão Voluntária do Executivo federal, não está se entendendo com seu par da Fazenda, Henrique Meirelles. Meirelles considera que o impacto do PDV será pequeno. Além disso, considera que os melhores quadros deixarão o serviço público — são aqueles mais capacitados, que podem se encaixar no mercado de trabalho, os que deixarão suas funções. (Globo)

Fonte: Meio

25 julho 2017

Programação para o Dia do Evangélico em São Desidério


Em comemoração ao Dia do Evangélico, a Prefeitura de São Desidério, através da SECULT, realizará entre os dias 01 e 02 de agosto, a partir das 19h, na Praça Abelardo Alencar, mais um festa em louvor a Deus. Confira a programação:


Info São Desidério

São Desidério terá a VI Conferência Municipal de Saúde



Com o tema: “Saúde Pública de qualidade e Justiça Social, para cuidar bem da população de São Desidério”, a Prefeitura de São Desidério por meio do Conselho Municipal de Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, realiza entre os dias 26 e 27, a VI Conferência Municipal de Saúde.

A abertura oficial do evento acontecerá na quarta-feira, 26, às 18h30 no Centro Cultural, onde acontecerá leitura, discussão e aprovação do regimento, Conferência Magna e palestra com a médica clínica-geral Adelle Nóbrega.

Na quinta-feira, 27, a programação tem continuidade com apresentação do Plano Municipal de Saúde 2014/2017 e da Rede de Serviços de Saúde do município. Ás 10 horas está prevista a divisão dos eixos temáticos. À tarde, a programação será encerrada com apresentação das propostas dos eixos e apreciação das moções.

Mais informações:

Ascom da Prefeitura de São Desidério (77) 3623-2145
Secretaria Municipal de Saúde
Telefone: (77) 3623 – 2216

Fonte: ASCOM da Prefeitura de São Desidério 

São Desidério: Edital de Convocação para Eleição dos Membros do Conselho Municipal de Turismo - COMTUR


(Imagem ilustrativa)

Considerando o disposto na Lei Municipal Nº 09/2003, de 01 de agosto de 2003, que cria o COMTUR – Conselho Municipal de Turismo, em especial os artigos 8º, 9º e 11, a Secretaria de Meio Ambiente e Turismo resolve: 

Art. 1º- Convocar os segmentos turísticos e entidades especificados na referida Lei, para composição e eleição dos membros do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), a ser realizada no dia 28 de julho, às 09:00h, nas dependências do Auditório da Prefeitura Municipal de São Desidério, com as entidades interessadas presentes. 

Art. 2º - Os segmentos deverão indicar dois representantes – titular e suplente – através do formulário de cadastramento até o dia 27/07/2017, na sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo ou através do e-mail: turismo@saodesiderio.ba.gov.br. Parágrafo 1º: Os segmentos 


Fonte: Info São Desidério com informação do Portal da Transparência da Prefeitura de São Desidério

Comunidades de Roda Velha I e II recebem visita técnica da equipe da Secretaria de Agricultura de São Desidério



Para ouvir as demandas relacionadas à Agricultura, uma visita técnica foi realizada pela equipe da secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Econômico (SEAGRI) aos moradores do distrito de Roda Velha I e II, na manhã de sexta-feira, 21.


A secretária da pasta, Patrícia Rocha, acompanhada pelo veterinário Cleber Andrade e do sub-prefeito Ari Mrovinsk, fizeram um diagnóstico das alternativas de produção das duas comunidades. Durante o encontro, os moradores solicitaram suporte da SEAGRI no sentido de garantir apoio para produção e comercialização de mandioca, hortaliças, criação de peixe, frango e de gado leiteiro.


Segundo a secretária Patrícia, a secretaria de Agricultura irá oferecer todo incentivo e assistência técnica necessária. “Vamos incentivar os produtores a comercializar seus produtos na feira de Roda Velha III. Iremos avaliar as propriedades para criação de peixe, frango e gado de leite, além do incentivo e inserção dos produtores nos programas Prolavoura e Proleite, aos quais essas comunidades serão inseridas ainda este ano. E também vamos incentivar estes produtores e dar o suporte para que ano que vem possam vender seus produtos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)”, explicou Patrícia.

Fonte: ASCOM da Prefeitura de São Desidério

Prefeitura realiza primeiro mutirão de saúde em São Desidério



A prefeitura de São Desidério por meio da Secretaria de Saúde (SESASD) realizou o primeiro mutirão de especialidades médicas e exames para pacientes da zona rural, no sábado, 22. Pessoas de várias localidades do município compareceram aos atendimentos previamente marcados pelo setor público em quatro pontos da cidade, no Hospital e Maternidade Nossa Senhora Aparecida, no Centro de Saúde Florentino Augusto de Souza e nos postos de saúde Antônio Pereira da Rocha e Otacílio Jesuíno de Oliveira.


Segundo a moradora do povoado de Leão, Vera Lúcia Rossato a realização deste mutirão significa que a atual gestão está preocupada em atender as demandas da população. Ela revela o quanto ficou satisfeita com a agilidade do trabalho. “Cheguei cedo e fui atendida logo, o médico é muito bom, já estou com os encaminhamentos para a marcação de exame e do retorno também, foi tudo muito organizado”.


O secretário de Saúde, José Barbosa, explica que o mutirão foi idealizado para atender a demanda reprimida e acelerar o processo de atendimentos. “Montamos uma estrutura de acordo com a logística e a disponibilidade dos profissionais especialistas, cada paciente foi previamente agendado e hoje conseguimos realizar esse trabalho”, comemora.


Além das especialidades médicas de urologia, ortopedia, cardiologia, endocrinologia, otorrinolaringologia, reumatologia, oftalmologia, exames laboratoriais, endoscopia, raio-x e eletrocardiograma foram realizados. “Não teria como fazer a consulta e o exame no sistema particular, graças a Deus temos esses trabalhos aqui no setor público, são médicos excelentes”, desabafa a dona de casa do povoado de Sítio Novo, Irenilde Silva de Souza.


No total foram feitos 430 agendamentos da zona rural, o objetivo da SESASD agora é organizar o próximo mutirão para atendimentos de pessoas da sede.

Fonte: ASCOM da Prefeitura de São Desidério

MP recomenda ao Município de Barreiras aplicação exclusiva de recursos do Fundef na educação básica



O Ministério Público estadual recomendou ao Município de Barreiras que os recursos recebidos de precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) somente sejam aplicados com despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino básico, ainda que sejam derivados de operação financeira de cessão de crédito alusivo a ele. Na ação, de autoria do promotor de Justiça André Luis Fetal, o MP recomenda ainda que as receitas em questão sejam depositadas e operadas por meio de conta bancária única e específica, vedada sua transferência para outra conta municipal; e que a movimentação dos recursos seja realizada exclusivamente sob a forma de transferência eletrônica via crédito na conta bancária do destinatário devidamente identificado. “A Resolução nº 1.346/2016 do Tribunal de Contas dos Municípios estabelece que os recursos recebidos em decorrência de ação ajuizada contra a União, objeto de precatórios, em virtude de insuficiência dos depósitos do Fundef, atual Fundeb, referentes a exercícios anteriores, somente poderão ser aplicados na manutenção e desenvolvimento do ensino básico”, explicou o promotor de Justiça.

Fonte: Cecom/MP

Governo quer demissão voluntária de funcionários



O Ministério do Planejamento anunciou um Programa de Desligamento Voluntário. Os funcionários públicos ligados ao Poder Executivo Federal que optarem por se demitir terão direito a uma indenização de 125% do salário multiplicados pelo número de anos de serviço. A expectativa do governo é de economizar algo como R$ 1 bilhão por ano. Os trabalhadores também poderão optar por reduzir a jornada com diminuição correspondente dos proventos.

Aliás... Servidores públicos foram um dos principais temas da longa conversa entre o presidente Michel Temer e Delfim Netto, no domingo. Delfim, velho conselheiro de todos os presidentes, vê o corporativismo público como um dos maiores problemas dos governos brasileiros. Servidores, afinal, têm emprego e aposentadoria garantidos — diferentemente de quem está no setor privado; e têm o direito de fazer greve, coisa que as Forças Armadas não têm. É, portanto, plena liberdade de pressão sobre o governo, sem qualquer risco. (Estadão)

Fonte: Meio

24 julho 2017

Incêndio atinge capinzal próximo a residências em Barreiras; ninguém ficou ferido


Ainda não há informações do que pode ter causado o incêndio. Polícia vai investigar o caso.

Incêndio toma conta de capinzal em Barreias (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Um incêndio atingiu um capinzal no bairro Morada da Lua, no município de Barreiras, extremo oeste do estado, na noite de domingo (23). De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, ninguém ficou ferido.

Ainda segundo os bombeiros, apesar da dificuldade para acessar o local, as chamas foram controladas antes que se alastrassem até casas vizinhas. O Corpo de Bombeiros foi acionado por moradores que ficaram assustados com a proximidade do fogo.

Ainda não há informações do que pode ter causado o incêndio. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Fonte: G1 BA